Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

Essencial Tipo... Você!

10 K-dramas que vão sair do catálogo da Netflix em setembro

Se você ainda não assistiu corre lá pra ver

Publicado em

A Netflix vai tirar 10 k-dramas do seu catálogo de exibição até o dia 30 de setembro, se você ainda não viu, corre lá que ainda dá tempo de maratonar.

1. Oh my ghost (2015 – 16 episódios) Comédia romântica, fantasia e drama. Conta a história de uma assistente de cozinha, tímida, desajeitada e fraca que tem uma paixão secreta pelo Chef. Desde de criança ela consegue ver fantasmas por causa de sua avó xamã. Um dia, ela é possuída pelo fantasma.

Um dia ela é possuída pelo fantasma de uma mulher forte, independente, ousada que não consegue subir aos céus porque ainda precisa resolver um ressentimento aqui na terra, e ela acredita com todas as suas forças que esse ressentimento é o fato de ter morrido virgem, o que a faz sair por aí tentando seduzir homens para…resolver essa questão.

Continua depois da publicidade

Imagem: Reprodução internet

A mudança repentina de comportamento faz com que o arrogante chef de cozinha comece a prestar atenção na nossa mocinha. E aí que o drama vira uma comédia romântica digna de gargalhadas.

2. Chicago Typewriter (2017 – 16 episódios) Drama, fantasia, romântica. Em Chicago Typewriter, escritores que viveram sob o domínio japonês na década de 1930 são reencarnados em um escritor best-seller que está em uma crise, um escritor fantasma misterioso e um fã dedicado do escritor best-seller.

Imagem: Reprodução internet

A história é divida em 2 momentos: Em 1930 e na atualidade, é a história de três pessoas que têm suas vidas entrelaçadas no passado e no presente. É uma história sobre amor, amizade e luta que ultrapassa as barreiras do tempo e da vida.

3. As séries Reply: Reply 1997( 2012 – 16 episódios) 1994 (2013 – 21 episódios) e 1988 (2015 – 20 episódios). Comédia romântica familiar. Reply 1997 – A história gira em torno da vida de seis amigos em Busan, como a linha do tempo se move para trás e para a frente entre o seu passado como estudantes do ensino médio com 18 anos em 1997 e seu presente com 33 anos em sua escola no jantar de reunião em 2012, onde se descobre quem é o marido da personagem principal.

4. Reply 1994 – A história se passa nos anos 2013 e 1994. Em 2013 temos a personagem principal reunida com seus amigos em sua nova casa assistindo ao seu vídeo de casamento, enquanto relembram histórias dos anos 90.

Imagem: Reprodução internet

Enquanto isso, vamos sendo levados para os anos 90 nessas lembranças, mais especificamente 1994, quando morava com seus pais na pensão que tinham para estudantes em Seul. Entre essas idas e vindas da história, a questão que nos prende até o final é: quem se casou a personagem principal.

5. Repaly 1988 – O terceiro e último drama da série Reply. Diferente das duas primeiras séries em que a história gira em torno da curiosidade do espectador em descobrir quem é o marido das protagonistas. A série fala sobre cinco amigos que cresceram juntos no mesmo bairro e que agora são adolescentes.

Todos convivem quase como uma família, já que seus pais também mantêm uma amizade forte uns com os outros. Tudo começa a mudar na relação entre eles quando as amigas da personagem principal dizem que um dos meninos gosta dela. A garota começa a criar um sentimento por esse rapaz, ela só não contava que outros dois amigos também nutriam um sentimento por ela.

Além desse emaranhado amoroso, a série foca nos pais dos adolescentes também. Mostra a cumplicidade que um tem com o outro e a amizade verdadeira, o que os transformam numa espécie de família.

6. O mentiroso e seu amor (2017 – 16 episódios). Comédia romântica, drama. É um k-drama adaptado de um filme japonês, que foi baseado em um mangá com o nome original de “Kanojo wa Uso wo Aishisugiteru”.

Conta a história de uma adolescente de 16 anos, estudante do ensino médio, que sonha em se tornar cantora e tem uma banda com os melhores amigos. . Fã da banda chamada Crude Play sem querer, acaba conhecendo o produtor da banda, porém, ele compõe e produz sob o nome artístico K. Ao ouvi-la cantar, ele se apaixona por ela, mas omite sua verdadeira identidade e tenta manter a mentira pelo máximo de tempo possível.

Imagem: Reprodução internet

À medida que a história se desenrola, ela e seus amigos conquistam a fama através de uma oportunidade com a mesma gravadora da Crudeplay o que os aproximam dos membros da banda criando uma amizade e um triângulo amoroso.

7. Vamos comer (2013 – 16 episódios) e Vamos comer 2 (2015 – 18 episódios) Romance, comédia e s suspense. Vamos comer – A história da série Vamos Comer mistura romance, amizade, mistério e muito foodporn*. É a história de pessoas que se aproximam devido ao seu amor pela comida.

Focando na personagem que desde que se divorciou tem dificuldade em visitar restaurantes já que as porções são grandes demais para uma pessoa só e também por não querer explicar por que está sozinha, então ela sempre acaba comendo sozinha no seu apartamento.

Até que um dia uma nova moradora se muda para o apartamento ao lado e ela organiza uma lista de coisas a fazer quando se mora sozinha e, uma delas, é se tornar amiga da sua vizinha. Decidida em tornar isso uma realidade, ela sugere ao vizinho delas, criar um clube com o objetivo de fazer as refeições juntos e explorar os recantos gourmet da cidade.

Esta é a base da narrativa, porém o mais interessante de acompanhar é como a relação entre eles vai mudando a cada refeição compartilhada e como aqueles momentos que eles passam juntos vão solidificando a amizade entre os vizinhos.

8. Vamos Comer 2 – É a história de um vendedor de seguro número 1 e nas horas vagas é dono de um blog culinário. Após se mudar para uma pequena cidade, vai morar em um prédio cheio de moradores ilustres.

Novo apartamento, novos vizinhos, logo ele descobre que a garota anti social do apartamento da frente, acaba por ser amiga de infância. Mas algo sombrio paira sobre o “rompimento” desses dois. Ela era a garota gordinha de sua escola e, agora, é uma louca da dieta e não se permite comer mais que uma refeição por dia.

Ela é escritora, por mais que esteja fazendo só bicos por aí ao invés de se dedicar a um novo livro.. Porém as coisas mudam, quando ambos entram em um acordo, ele terá que ajudá-la a se casar com o um funcionário público, seu chefe e crush um rapaz rico, bonito, e educado, mas que esconde um segredo.

Imagem: Reprodução internet

*Food porn é uma forma provocante e exagerada de apresentação visual da comida, capaz de abrir o apetite de quem está vendo..

9. Túnel a série (2017 – 16 episódios) Crime e suspense. Nesta trama policial, um excelente detetive que vive em 1986, persegue um assassino em série que aterrorizava a população, acaba sendo teletransportado para 30 anos à frente, para o ano de 2016.

A sua atual situação se torna inusitada quando procura ajuda da polícia, mas é confundido com um novo policial que tem o mesmo nome e iria começar a trabalhar na delegacia, mas não apareceu. Nessa loucura toda, conhece seu futuro parceiro um detetive focado e sem simpatia por ninguém.

Juntos, eles trarão momentos divertidos e raivosos, por serem totalmente o oposto um do outro, um é experiente, mas desatualizado, o outro perspicaz, mas mal humorado. Após 30 anos, um assassino em série volta a atacar novamente, despertando a fúria da população e dos dois policiais.

A polícia decide então, contratar uma professora psicóloga criminal para ajudar no caso. Esse trio vai a fundo para tentar resolver esse caso, mas quanto mais investigam mais esse caso vai se tornando confuso, sem provas e sem suspeito, resulta em mais vítimas.

10. Cheese in the trap (2016 – 16 episódios) Comédia romântica e drama. Para começar é importante ter em mente que Cheese in the Trap não é o seu típico k-drama. Ele rompe com o molde, é um drama que possui personagens enigmáticos mas ao mesmo tempo humanos, reais.

Imagem: Reprodução internet

O drama conta a história de uma estudante universitária que além de não ser privilegiada, não é a estudante mais inteligente da universidade; contudo, ela é sem dúvida, uma mulher séria e trabalhadora e um jovem boa pinta, com capacidade elevada, notas excelentes e que esconde um lado sombrio.

Neste meio, uma improvável aliança é forjada entre estes dois colegas com personalidade opostas.

Por: Cláudia Marcião

2 COMENTÁRIOS

  1. Há muito tempo queria assisti Chicago Typewriter quando li que iria sair da Netflix corri pra ver, simplesmente adorei, ainda bem que assisti valeu pela dica.

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em