Greve anunciada ,é bom se preparar
Foto: Arquivo/A Crítica
Fim de ano já é uma época caótica, caro leitor… mas nada é tão ruim que não possa piorar! E ao que tudo indica, deve piorar bastante para quem depende dos transportes coletivos na próxima sexta-feira (7).
Na última segunda-feira (3), o sindicato emitiu uma Nota Oficial anunciando a paralisação por conta de horas extras atrasadas e suspensões do plano de saúde dos trabalhadores.

A eminência de uma greve

Obviamente, chamou atenção das autoridades que, tentando conter a confusão, marcou para a manhã desta quarta-feira (5) uma audiência  entre o representante dos trabalhadores e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amazonas (Sinetram). Mas antes que você se anime, não deu em nada.

“Infelizmente não chegamos em um consenso. A greve está mantida. Vai haver uma reunião hoje no Sinetram e outra amanhã aqui no MPT para ver se a gente chega a um consenso. Nós chegamos a um acordo aqui em julho deste ano que os feriados trabalhados serão pagos de forma dobrada o pagamento integral. A categoria quer o cumprimento desse acordo, a garantia que não vai ser cortado o plano de saúde e o pagamento das férias que estão atrasados”, afirmou o presidente do sindicato, Givancir Oliveira.

Segundo o líder dos rodoviários

Parte dos empresários do transporte coletivo da capital não quer cumprir o acordo firmado anteriormente no Ministério Público do Trabalho. “Se não houver bom senso, a gente vai parar sim. Não é do Sinetram, é de quatro empresários que não querem cumprir”, disse.

Por isso, a nossa dica é: prepare-se para tudo. Ainda não se sabe quais empresas deverão ser afetadas, mas a previsão é de que haja uma redução de até 50% da frota em cada uma das que resolverem aderir à greve. Isso, em tempos de sol e calor já costuma criar confusão… imagine só se na sexta-feira amanhecer chovendo! Não vai haver uber e mototaxi suficiente na cidade!
A quarta-feira (5) – no momento em que fecho esse texto – ainda não acabou e a quinta-feira certamente vai ter gente correndo da sala para a cozinha tentando impedir a paralisação. Vamos aguardar. Mas eu no seu lugar, amigo… começaria a pensar num ‘plano B’ para chegar no trabalho nesta sexta. Senão, poderá ser um #sextou com cara de velório.
Por T.M.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here