Foto: Tom Jamieson/The New York Times

Maninhos, a gente adoraria usar esse trocadilho para o bem e vários outros superlativos para descrever o intérprete do Super Homem, mas a verdade é que o Henry Cavill deu uma baita bola fora em uma entrevista à GQ Australiana e comentou sobre o movimento #MeToo. O ator falou sobre seu “medo” de flertar com as mulheres e ser acusado de assédio.

Oi?

Dica importante: se você acredita que o seu flerte pode ser confundido com assédio… eu tenho uma notícia pra você.

“Há algo de maravilhoso em um homem indo atrás de uma mulher. Eu acho que uma mulher deveria ser cortejada e perseguida, mas acho que eu sou tradicional por pensar assim”, disse à GQ.

“Agora você não pode tentar persuadir alguém que disse ‘não’. É tipo: ‘Ok, tá bom’. Mas depois é: ‘Ah, por que você desistiu?’, e eu penso: ‘Bem, porque eu não queria ir pra cadeia?”, concluiu.

Amiguinhos, já passou da hora de aprender que quando alguém diz “não”, significa exatamente isso, ok? Parece que o Super-Homem precisa rever alguns conceitos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here