Manos, o Tipo Assim acabou virando um espaço onde a gente dá risada e faz algumas gracinhas com coisas que aconteceram pelo mundo. Mas o de hoje NÃO TEM GRAÇA.

Isso mesmo. Não é piada, não é engraçado. Mas a gente não poderia deixar passar.

Nos últimos dias, você provavelmente viu o vídeo de um grupo de brasileiros na Rússia ensinando frases e palavras chulas sobre órgãos sexuais para mulheres estrangeiras e, portanto, não sabiam o que estavam sendo levadas a falar. O vídeo viralizou e, pelas redes sociais, milhares de pessoas manifestaram seu repúdio e trouxeram discussões sobre o machismo praticado.

Até o momento, dois homens filmados no ato foram identificados: um é o policial Eduardo Nunes, tenente em Lages, na Serra catarinense; o outro é o advogado Diego Valença Jatobá que também foi secretário de Turismo de Ipojuca (PE), onde está a praia de Porto de Galinhas, pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB).

A Polícia Militar de Santa Catarina divulgou uma nota, na qual afirmou que, assim que Eduardo Nunes retornar ao batalhão, será aberto um processo administrativo disciplinar para apurar a “conduta irregular do militar”.

A OAB de Pernambuco também se pronunciou nesta terça-feira (19) e divulgou uma nota de repúdio ao caso. “A preconceituosa atitude é causa de vergonha para todos nós, brasileiros, e vai na contramão do atual contexto de luta contra a desigualdade de gênero, em que cada dia mais as instituições públicas e privadas estão em busca de soluções conjuntas para que nenhuma mulher sofra qualquer tipo de violência ou discriminação pelo fato de ser mulher”, diz a nota. O advogado Diego Jatobá pode sofrer sanção pelo órgão.

Ontem, outro vídeo, de um outro grupo ainda não identificado, caiu na rede fazendo algo semelhante e ensinando frases pejorativas para um grupo de mulheres na Rússia.

A repercussão foi tanta que muitos famosos se pronunciaram na internet, condenando a atitude dos brasileiros. E a imagem que ilustra essa matéria, da autoria do cartunista Gilmar (@cartunista_das_cavernas) virou símbolo de protesto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here