Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

Acupuntura ajuda no tratamento de ansiedade e depressão

Publicado em

A pandemia causada pelo novo coronavírus é terreno fértil para que muitas pessoas desenvolvam depressão, ansiedade e outros problemas psicológicos e emocionais.

O afastamento do convívio em sociedade afetou a todos, e alguns preferem procurar terapias alternativas para lidar com essa condição como forma complementar do tratamento medicamentoso.

A acupuntura é um dos caminhos que pode ajudar a tratar ansiedade, depressão e outros danos psicológicos causados pela pandemia. Marcus Pai, médico acupunturista e diretor de marketing do Colégio Médico de Acupuntura de SP, explica alguns dos benefícios dessa prática milenar.

Continua depois da publicidade

Leia também: Rotina de exercícios físicos no bom desempenho

“É importante uma avaliação do estilo de vida, pois o estresse, rotina, a dieta e o sono são provavelmente as principais influências”, começa.

Presidente do CMBA alerta para prática da acupuntura por não médicos -  Medicina S/A

Marcus ressalta que a acupuntura não faz milagres e que deve ser usada para complementar e não como tratamento único.

“O que a acupuntura ajudará é diminuir a regulação da resposta de luta ou fuga no corpo. Estudos indicam que essa prática pode ter um efeito positivo específico sobre a depressão, alterando a química do humor do cérebro, aumentando a produção de serotonina e endorfinas”, conta. Mesmo assim, é preciso avaliar a resposta individual de cada um ao tratamento.

Ajustes

“A acupuntura é um tratamento útil para muitas patologias, mas não faz milagre. Se a pessoa não ajustar o estilo de vida, não perceber e reavaliar os fatores perpetuantes de seus sintomas, não haverá resposta satisfatória”, completa Marcus.

O interessante deste tipo de tratamento é que alguns dos resultados são instantâneos, como minimizar algumas dores. Já os problemas psicológicos começam a ser apresentar melhoras após algumas semanas.

Acupuntura: técnica poderosa para seu bem-estar emocional - Blog Vittude

“Pacientes com sintomas leves a moderados de ansiedade, insônia e depressão, podem sentir alguma resposta benéfica após 2 a 4 semanas de tratamentos.”

Felizmente essa prática não tem contraindicações. Os pacientes podem ter mais sensibilidade às agulhas, mas elas são bem finas e não chegam a causar dor intensa nem desconforto significativo.

“Em alguns pontos, pode-se também surgir pequenos hematomas locais. Estudos de segurança da acupuntura indicam que a taxa de efeitos adversos do procedimento é muito menor do que medicamentos comuns, como analgésicos simples”, finaliza Marcus.

Por: Istoé/MSN

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em