Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

LG realmente está pensando em abandonar mercado de celulares em 2021

Publicado em

Depois de perder US$ 4,5 bilhões nos últimos 5 anos, a LG está considerando abandonar o mercado de celulares.

A informação foi divulgada após o CEO da empresa, Kwon Bong-seok, enviar um memorando para os seus funcionários, informando uma possível redução das atividades no segmento e, caso necessário, uma retirada total.

“Visto que a competição no mercado global de dispositivos móveis está ficando mais acirrada, é hora de a LG fazer um julgamento frio e tomar a melhor decisão”, disse um funcionário da LG ao The Korea Herald, veículo de notícias sul-coreano.

Continua depois da publicidade

Leia também: WhatsApp adia atualização da política de privacidade após fuga de usuários

“A empresa está considerando todas as medidas possíveis, incluindo redução, venda e retirada do segmento de smartphones”, confirmou o funcionário.

Em comunicado ao The Verge, a própria LG confirmou a procedência do memorando, esclarecendo que nenhum posicionamento oficial foi tomado até o momento.

“A administração da LG Electronics está comprometida em assumir qualquer decisão que seja necessária para solucionar os desafios relacionados à venda de smartphones em 2021”, afirmou um porta-voz da empresa.

a
 Karlis Dambrans via Flickr/Reprodução

Dificuldades com a concorrência

A fabricante tentou conquistar os usuários com lançamentos como o G7, V40, G8 e V50. Apesar disso, as concorrentes Samsung e Huawei seguem dominando o mercado.

A aposta mais recente da LG é o Rollable, smartphone com “tela redimensionável exclusiva”, capaz de assumir o tamanho de um tablet. Embora a novidade tenha atraído alguns holofotes para a fabricante durante a CES 2021, que ocorreu na última semana, isso pode ser insuficiente para mantê-la no mercado de smartphones.

LG desmentiu notícias anteriores

Vale lembrar que, no início de janeiro, o site sul-coreando TheElec noticiou que a LG teria enviado uma notificação aos funcionários informando a venda da divisão de smartphones no fim deste mês.

A notícia, no entanto, foi excluída após a fabricante desmentir publicamente as informações.

Em um comunicado ao Android Police na semana passada, o responsável pela comunicação global da LG, Ken Hong, garantiu que as informações eram “completamente falsas e sem mérito”.

Após a clara mudança de posicionamento, talvez vejamos a fabricante abandonando o barco em 2021.

Por: TecMundo

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em