Foto: Reprodução

A tia da menina de 13 anos, flagrada em um motel com um empresário, no bairro Monte das Oliveiras, Zona Norte de Manaus, deve ser investigada por agenciar programas de outras crianças, segundo a Polícia Civil. A suspeita estava no quarto do motel, junto com o empresário e a adolescente. Os dois foram presos.

De acordo com a delegada Joyce Coelho, da Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (Depca), a tia da adolescente deve ser investigada por gerenciar uma rede de prostituição de crianças. A delegada informou que a mulher gerenciava um programa feito pela sobrinha, com um empresário, na tarde de terça-feira (7).

Foto: Reprodução

“Acabamos constatando que se tratava de uma rede de prostituição. Envolve outras pessoas, a tia tem outros clientes. A investigação deve seguir em andamento para identificarmos outros. Provavelmente, tem outras crianças envolvidas, mas tivemos que agir para que a jovem não continuasse a ser abusada”, disse a delegada.

Ainda conforme Joyce Coelho, o homem pagava entre R$ 500 e mil reais para a tia da jovem, por cada programa. Os abusos começaram ainda em 2018, segundo a delegada.

“A jovem tinha um histórico de abuso. Já havia sido abusada pelo pai e pelo avô, na infância. Por isto, ela foi entregue para um tio e a esposa dele estava prostituindo a adolescente”, comentou a delegada.

Apresentados em uma coletiva de imprensa, na manhã de quarta-feira (8), o empresário e a mulher não falaram sobre o caso.

Foto: Jander Robson

O caso

O empresário foi preso em flagrante, na tarde de terça-feira (7), com uma menina de 13 anos em um motel no bairro Monte das Oliveira, na Zona Norte de Manaus.

O caso já estava sendo investigado pela Depca, quando uma denúncia anônima informou o local para onde os suspeitos levariam a garota. Equipes da unidade especializada foram até o motel indicado e flagraram o crime.

Fonte: G1 Amazonas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here