Militar é morto com tiro no peito
Foto: Reprodução

Um soldado do Exército Brasileiro morreu após ser baleado durante um assalto na noite desta quarta-feira (14).

Thiago Melo de Almeida, de 19 anos, foi ferido no bairro São Francisco, Zona Sul de Manaus, no momento em que retornava para casa. A motocicleta usada pela vítima foi levada pelos criminosos.

Populares relataram que o militar trafegava pela Rua General Carneiro, por volta das 19h, quando parou em um semáforo.

Leia também: Mulher imobiliza homem com chave de braço após sofrer tentativa de assalto

Dois homens não identificados que passavam pelo local a pé se aproximaram da moto e anunciaram o assalto.

Segundo testemunhas, Almeida reagiu e foi atingido por um tiro no peito.

Após atirar contra o soldado, os criminosos ainda o agrediram e, em seguida, fugiram do local com a motocicleta da vítima.

Samu Chamado

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e conduziu o militar para o Hospital 28 de Agosto.

Na unidade, a mãe de Thiago disse que chegou a conversar com o filho depois que ele foi baleado.

“Ele [vítima] estava com muita dificuldade para respirar, porque o tiro foi no peito dele, do lado direito. (…) Ele foi para o raio-x, eu ainda consegui falar com ele e ele disse que estava com muita dificuldade de respirar. E aí subiu. Falaram que já iam operar e a madrinha dele foi lá, desceu agora e ninguém fala nada. Não começaram nem a operação dele lá”, contou Elissandra Cardoso Melo.

Thiago Melo de Almeida não resistiu aos ferimentos e morreu horas após dar entrada no hospital.

De acordo com o tenente-coronel Lobo, Thiago era lotado no 7º Batalhão de Polícia do Exército (BPE), onde atuava como corneteiro. Ele já havia saído do batalhão e retornava para casa no momento da ação criminosa.

Fonte: G1 AM

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.