Mais de 270 suspeitos de crimes como homicídios são presos no AM
Mais de 270 suspeitos de crimes como homicídios são presos no AM (Foto: Reprodução)

Mais de 270 pessoas foram presas, um montante de mais de R$ 40 mil e apenas três quilos de drogas foram apreendidos em uma operação realizada nesta semana.

Segundo a polícia, os suspeitos presos têm envolvimento com o tráfico de drogas, homicídios, furtos e participação em crimes ambientais.

A operação “Municípios Integrados” – que reuniu 647 policiais civis e militares – teve início na quarta-feira (17) e se estendeu até este sábado (20). As prisões ocorreram em todos os municípios do Amazonas.

Dos 518 mandados de prisão expedidos, 362 foram cumpridos. A maior parte foi executada no interior, principalmente em Coari, Itacoatiara e Manacapuru.

“Foram cumpridos muitos mandados de prisão. São investigações antigas, processos antigos na justiça e esses criminosos estavam soltos. Prendemos vários deles principalmente ligados a homicídios. Mais da metade dos mandados foram cumpridos em municípios do interior do Amazonas”, disse o diretor do Departamento de Polícia da Capital, o delegado George Gomes.

Segundo estudos feitos pelas equipes de inteligência, muitos suspeitos que cometem crimes na capital fogem para o interior do Estado para tentar driblar o cerco policial.

“Estamos fazendo muitas operações na capital desde o primeiro semestre. Os números mostram que os crimes estão reduzindo e muitos (suspeitos) tentaram migrar para o interior e fomos lá capturá-los”, disse George.

No total, foram 275 adultos presos e 12 menores apreendidos durante a ação.

Além da integração entre as equipes das polícias civil e militar em ações para reduzir crimes no interior do Estado, o secretário de segurança, coronel Louismar Bonates, anunciou a integração entre as forças policiais de outros estados.

“Estamos fazendo um termo de cooperação técnica para atuar principalmente nos municípios de fronteira entre um estado e outro”, disse secretário de segurança.

Ele apontou, ainda, que os suspeitos presos mais perigosos serão transferidos para a capital.

“O sistema carcerário vai ficar pior ainda, problema deles que pediram pra ir pra lá. Aos presos de periculosidade maior os municípios, estão sendo solicitada as transferências deles para Manaus”, disse Bonates.

Também foram apreendidos 16 armas de fogo, 91 celulares, R$ 53.418,00, 1.070 bolívares. Além de 475 quilos em minério tantalita extraído de forma irregular no município de Barcelos.

Prisão em Itacoatiara

Uma das prisões realizadas foi de um homem de 34 anos no município de Itacoatiara, a 269 quilômetros da capital. O suspeito é apontado como um dos principais traficantes da região.

Com ele, a polícia encontrou R$ 40 mil em espécie e mais R$ 300 mil em cheques de depósito bancário escondidos dentro do quarto em um cofre.

“O delegado Lázaro de Manacapuru fez as investigações todas. Foi feito busca e apreensão. Ele (o suspeito) tinha um cofre onde foi encontrada essa grande quantidade de dinheiro e comprovantes de depósitos bancários. Serão iniciadas novas investigações para saber de onde os depósitos são provenientes”, informou o delegado Mariolino Brito.

Leia Também: Após perseguição, homem é morto a tiros no bairro Petrópolis
Fonte: G1 Amazonas

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.