Manaus e o seu trânsito caótico do dia a dia
Manaus e o seu trânsito caótico do dia a dia (Foto: Reprodução)

Dados de 2017, dão conta que o número de veículos em circulação de Manaus ultrapassam os 900 mil veículos, sendo 713 mil carros, 185 mil motocicletas e sem contar claro com a nossa maravilhosa frota de ônibus velhos, o que nos faz campeã nacional em quinquilharia e nos leva ao oitavo lugar no ranking de maiores frotas do país.

A cada dia que passa carros e motos entram em circulação por aqui e o como sabemos, a questão da mobilidade urbana não é trabalhada.

Constantes engarrafamentos prejudicam os motoristas e passageiros de Manaus (Foto: Reprodução)

Quando falamos na dita cuja logo pensamos na condição criada para as pessoas poderem se locomover entre as diferentes zonas de uma cidade.

Sendo os automóveis, o  meio de transporte mais utilizado, vemos que cada vez mais as cidades estão perdendo a capacidade de permitir que as pessoas se movam com qualidade.

Como sabemos, essa é uma questão delicada aqui em Manaus, nos horários de pico, as principais vias da cidade ficam super congestionadas. E locais que chegaríamos em menos de 10 minutos, levamos agora cerca de 30/40 minutos ou até mais, para  concluirmos o trajeto.

O Brasil é um dos países que mais sofre com problemas de mobilidade urbana, e olha que fazem um grande investimento (pelo menos financeiramente) na expansão e melhoramento das vias e rodovias, mas essas melhorias não se vê por aqui frequentemente.

Então vamos esclarecer: Com o transporte público de péssima qualidade, faz com que o cidadão busque outro meio alternativo de locomoção, seja por aplicativos, táxis, Micro-ônibus executivo (que não é grande coisa) e os moto-táxis (Deus me livre), contribuindo para o caos diário, fazendo assim aumentar ainda mais a frota e consequentemente os congestionamentos.

Ônibus constantemente enguiçados, avenidas sem válvula de escape e não vamos esquecer dos buracos, que se fosse feito realmente um recapeamento descente e não essa pouca vergonha ajudaria sim em fazer um trânsito mais dinâmico.

Ônibus enguiçado na Avenida Djalma Batista (Foto: Reprodução)

O poder público precisa se comprometer, e oferecer à população ações que de fato melhorem o trânsito na cidade todos os dias da semana.

A gente sabe que é algo que vem sendo trabalho, mas não vemos resultados.

A nova promessa é o novo sistema viário que está sendo construído na Avenida Constantino Nery, com um orçamento que ultrapassa mais de R$64 milhões.

No local, serão construídas duas passagens subterrâneas e segundo a prefeitura, o prazo para entrega das obras é de 15 meses (Duvido muito).

Projeto do novo sistema viário da Constantino Nery (Imagem: Divulgação)

O Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) ressaltou que, com a construção do complexo viário, o fluxo de 11 mil veículos que trafegam na região durante horário de pico, nos turnos da manhã e tarde, será “desafogado”, será?

Mas se pensarmos em uma lógica, não seria mais barato fazer um rodízio de veículos e melhorar a frota de ônibus incentivando o uso do transporte urbano para reduzir a grande circulação de veículos diariamente.

Mas não! O que temos que acreditar é que de acordo com informações, esta construção do complexo viário faz parte de um programa de obras que foi planejado pela prefeitura para comemorar os 350 anos da capital Amazonense.

E olha que essa é uma obra que demorou 40 anos para ser iniciada mas, só agora foi possível por em prática.

Mas o transtorno no trânsito nas imediações será imediato então prepare o seu ânimo!

Aí eu te pergunto? Quantas mais podem estar paradas, enquanto tempo poderiam ser executadas? Para melhorar não só o trânsito, mas como em outras áreas em que a cidade está passando por sérias dificuldades.

Sendo assim vamos pegar nossas cadeiras de embalo e aguardar as tais melhorias anunciadas pela Prefeitura.

Como se diz no Fantástico da Rede Globo….”Estamos de olho”

Por Thayene Freitas

 

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.