Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

União Europeia nomeia assessor especial para crise na Venezuela

Publicado em

A União Europeia nomeou nesta terça-feira o ex-banqueiro e diplomata hispano-uruguaio Enrique Iglesias como assessor para ajudar a acabar com a crise na Venezuela, como parte de uma intensificação dos esforços diplomáticos a fim de buscar novas eleições.

A UE, que lidera um grupo internacional ao lado de nações sul-americanas, espera que Iglesias possa auxiliar a encontrar um caminho para convencer o presidente Nicolás Maduro a renunciar e permitir que todos os grupos políticos no país possam concorrer em um processo eleitoral livre e justo.

Maduro mantém o controle sobre as instituições estatais da Venezuela, mas a oposição está pressionando para removê-lo em meio ao colapso econômico que gerou uma crise humanitária no país.

Continua depois da publicidade

Iglesias, ex-ministro das Relações Exteriores do Uruguai e ex-presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento, é visto como detentor de contatos e conhecimento para negociar tanto com Maduro quanto com o líder da oposição, Juan Guaidó, assim como outros grupos políticos.

A partir de encontros com Maduro e Guaidó neste mês, o grupo da UE, que inclui Reino Unido, França e Alemanha, também espera convencer os Estados Unidos a apoiarem um processo diplomático pacífico para sair da crise.

Comentaristas políticos em Washington especularam que o presidente norte-americano, Donald Trump, pode considerar opções militares, à medida que as pressões econômica e diplomática falharam em remover Maduro do poder.

Leia Também: EUA se retiram de Conferência Desarmamento da ONU
Fonte: Reuters
Categoria

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em
X