Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

Tom Brady bate recorde e comanda Bucs à 2ª rodada dos playoffs

Quarterback desconhecido do Washington duela de igual para igual com lenda da NFL em sua segunda partida como titular na carreira, mas não consegue vencer na estreia em pós-temporadas

Publicado em

Parecia uma disputa injusta: de um lado, o maior campeão da história do Super Bowl, Tom Brady, em busca de seu sétimo título da NFL; do outro, um jogador de 27 anos fazendo apenas sua segunda partida como titular na carreira, num time a que se juntou em dezembro.

Mas Taylor Heinicke surpreendeu e duelou de igual para igual com a lenda do futebol americano.

No final, porém, a experiência de Brady e o talento do Tampa Bay Buccaneers falaram mais alto, e a equipe da Flórida venceu o Washington Football Team fora de casa por 31 a 23 para avançar nos playoffs na Conferência Nacional (NFC).

Continua depois da publicidade

Leia também: Raio-X dos playoffs da NFL: Holofotes em Tom Brady e expectativa por revanche

Heinicke, um jovem não draftado com passagens por Patriots, Panthers e Texans em quatro anos de carreira, recebeu sua primeira oportunidade em playoffs porque o quarterback titular, o veterano Alex Smith, não estava recuperado de uma lesão na panturrilha.

Antonio Brown (esq.) comemora seu touchdown com Tom Brady (dir.): quarterback se tornou o jogador mais velho na história a acertar um passe para TD em playoffs — Foto: Patrick Smith/Getty Images

Ele recompensou a confiança do treinador Ron Rivera com bons passes (26 completados em 44 tentativas, 306 jardas aéreas, um touchdown e uma interceptação) e muita habilidade para escapar dos defensores na corrida (46 jardas terrestres e um touchdown).

Do outro lado, porém, estava uma lenda do esporte. Brady teve um jogo razoável para seu padrão, mas suficiente para vencer e continuar sua rotina de quebrar recordes e barreiras na NFL.

Aos 43 anos e 159 dias, ele se tornou o jogador mais velho a completar um passe para touchdown num jogo de playoff, superando George Blanda, e atualizou seu próprio recorde como jogador mais velho a vencer uma partida de playoff. Foi também sua primeira vitória em playoffs fora do New England Patriots, time pelo qual foi hexacampeão da NFL.

Ele o fez amparado por uma linha ofensiva que frustrou uma defesa especializada em pressionar o quarterback e que terminou como a segunda melhor da NFL em jardas cedidas na temporada 2020/21.

Brady acertou 22 passes em 40 tentativas e conquistou 381 jardas aéreas, além de dois touchdowns, e sofreu apenas três sacks.

O JOGO

Os Bucs abriram o placar com um field goal de Ryan Succop em sua primeira campanha e ampliaram a 9 a 0 com um passe de 36 jardas de Brady para touchdown de Antonio Brown.

Washington diminuiu com uma corrida curta de JD McKissic para TD, mas Tampa Bay respondeu com novo passe pontuador de Brady, desta vez de 27 jardas para Chris Godwin. Um field goal de Succop deixou o marcador em 18 a 7 antes do intervalo, vantagem que seria maior não fosse um chute de ponto extra e uma conversão de dois pontos que não deram certo.

Taylor Heinicke (camisa 4) fez apenas sua segunda partida como quarterback titular na NFL — Foto: Geoff Burke-USA TODAY Sports
Taylor Heinicke (camisa 4) fez apenas sua segunda partida como quarterback titular na NFL — Foto: Geoff Burke-USA TODAY Sports

Washington diminuiu com um field goal de 36 jardas de Dustin Hopkins no início do terceiro quarto.

Um fumble do calouro Ke’Shawn Vaughn matou uma boa campanha dos Bucs, e o time da casa aproveitou: caminhou 61 jardas e anotou o touchdown numa corrida encerrada num salto espetacular de Heinicke. Mas a conversão de dois pontos falhou, e Washington seguiu atrás por 18 a 16.

Ryan Succop converteu um chute de 38 jardas para levar a vantagem dos Bucs a cinco pontos no início do último quarto. Heinicke recebeu a bola com a chance de virar o placar, mas a defesa de Tampa o caçou, ele acabou lesionando o ombro esquerdo e precisou sair de campo.

De volta no ataque, os Bucs caminharam mais 69 jardas e marcaram um touchdown com Leonard Fournette numa corrida de três jardas. Heinicke chegou a ir ao vestiário para tratar o ombro, mas retornou ao campo e acertou um belo passe de 11 jardas para touchdown de Steven Sims Jr, trazendo a margem de volta a cinco pontos.

Brady levou Tampa Bay até a redzone adversária em seguida, mas não conseguiu um touchdown que selaria a vitória.

Em vez disso, Ryan Succop acertou um field goal de 37 jardas que deixava a vantagem em oito pontos e dava a Washington uma chance de empatar com um touchdown e uma conversão de dois pontos.

A defesa dos Bucs, no entanto, conseguiu um sack importante e forçou o turnover em descidas (quando o ataque não consegue avançar 10 jardas em quatro tentativas) para assegurar a classificação.

Os Buccaneers esperam agora o resultado de New Orleans Saints x Chicago Bears para conhecerem seu próximo adversário. Em caso de vitória dos Saints, encaram o rival divisional em seguida. Se os Bears vencerem, Tampa Bay vai enfrentar o Los Angeles Rams em casa.

Por: GE

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em