Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

Pará, Acre e Amazonas receberão doses extras de vacinas de Oxford e Coronavac

Estados são os que mais estão sofrendo com os efeitos da crise provocada pelo novo coronavírus

Publicado em

Amazonas, Acre e Pará, três dos estados que mais estão sofrendo com os efeitos da crise provocada pelo novo coronavírus, receberão doses extras da vacina de Oxford/Astrazeneca, entregues pela Fiocruz na madrugada desta quarta-feira (24) ao Ministério da Saúde.

É a mesma estratégia usada com doses da Coronavac, conforme informação antecipada pelo colunista da CNN Igor Gadelha. Amazonas ficará com 70% das doses do fundo, seguido por Pará (20%) e Acre (10%).

Cada um desses estados receberá, respectivamente, um total de 78 mil, 68 mil e 13,5 mil doses da vacina de Oxford. No caso da Coronavac, o Amazonas receberá 42 mil doses; o Pará, 37,2 mil; e o Acre, 8,4 mil.

Continua depois da publicidade

Além das doses a que tinham direito pelo tamanho de suas populações, os três estados foram incluídos em um “fundo estratégico” para distribuição de vacinas contra Covid-19.

O lote de dois milhões de doses começa a ser distribuído hoje pelo Ministério da Saúde. O Rio de Janeiro, onde está a Fiocruz, responsável pela compra, análise e rotulação das doses, receberá 196 mil doses.

O estado que terá direito ao maior número de doses é São Paulo (480,5 mil doses). Depois, aparece Minas Gerais (220 mil doses).

 

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em