Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

ONU lança edital para projetos na Amazônia

A iniciativa é direcionada para projetos de pesquisa científica, acesso à saúde, acesso à alimentos, soluções de educação, acesso à água potável, saneamento e até geração de empregos

Publicado em

O edital de apoio à projetos para enfrentamento da Covid-19 na Pan-Amazônia foi prorrogado até 31 de julho.

O edital é uma iniciativa da ONU, promovida pela Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (SDSN Amazônia), em parceria com o Instituto Amigos da Amazônia (IAMA).

A iniciativa é direcionada para projetos de pesquisa científica, acesso à saúde, acesso à alimentos, soluções de educação, acesso à água potável e saneamento, mecanismos para promover o crescimento econômico e empregos, campanhas de comunicação, consumo e produção sustentável.

Continua depois da publicidade

Leia também: UGPE estima a geração de novos postos de trabalho nas obras do Prosamim

Podem participar universidades, centros de pesquisa e organizações da sociedade civil filiadas à SDSN Amazônia, que tem a secretaria executiva realizada pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS).

As instituições que não são membros da rede e têm interesse em participar da chamada podem fazer o pedido de adesão preenchendo o formulário de filiação no site: unsdsn.org/join.

Países da Bacia Amazônica

O edital busca propostas nos nove países da Bacia Amazônica: Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana, Guiana Francesa, Peru, Suriname e Venezuela.

Será oferecido financiamento de até US$ 5 mil para dois projetos, cujos resultados estarão disponíveis e acessíveis no curto prazo, orientados para a atenção à situação emergencial da Covid-19 na região amazônica.

As propostas apresentadas devem se enquadrar nas categorias: Saúde, Acesso a Alimentos, Educação, Acesso a Água Potável e Saneamento, Trabalho Decente e Crescimento Econômico, Consumo e Produção Sustentável, Conservação da Floresta e Biodiversidade Amazônica, Comunicação e Governança.

Para a escolha dos projetos, serão avaliados a clareza das informações na proposta e a coerência das atividades, o orçamento e o cronograma apresentados, o número de famílias beneficiadas pelo projeto, o potencial impacto do projeto no enfrentamento da Covid-19, potencial de replicabilidade do projeto, entre outros critérios.

O cadastros das soluções deve ser feito através do link: bit.ly/financ2020.

Mais informações podem ser obtidas através do e-mail: [email protected]

fonte: D24AM

 

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em
X