Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

Morre aos 66 anos Dom Sérgio Castriani, arcebispo emérito de Manaus

Dom Sérgio foi arcebispo de Manaus de fevereiro de 2013 a novembro de 2019. Ele estava internado na capital, em estado grave, desde 27 de fevereiro deste ano.

Publicado em

O arcebispo emérito de Manaus, Dom Sérgio Castriani, morreu aos 66 anos, nesta quarta-feira (3), em Manaus. O falecimento foi comunicado pela Arquidiocese da capital, por meio de nota.

Dom Sérgio teve um infecção urinária elevada, e foi internado em estado grave no dia 27 de fevereiro, após sofrer um infarto. No domingo (28), houve a necessidade de realizar hemodiálise, mas o quadro de saúde dele era estável, apesar de grave.

As informações a respeito do funeral de Dom Sérgio devem ser divulgadas posteriormente, segundo a arquidiocese.

Continua depois da publicidade

O Governo do Amazonas declarou que reconhece o legado deixado por Dom Sérgio Castriani e presta condolências aos familiares, amigos e fiéis. O prefeito de Manaus, David Almeida, decretou luto de três dias, pela morte do arcebispo emérito.

Natural de Regente Feijó (São Paulo), Castriani possuía formação acadêmica em Teologia e Filosofia. Sua Ordenação Episcopal se deu em 1998, em Tefé, no interior do Amazonas, onde Dom Sérgio atuou como bispo da Prelasia de Tefé.

Dom Sérgio Castriani assumiu o governo pastoral de Manaus em fevereiro de 2013, quando o Papa Bento XVI o transferiu da Prelazia de Tefé para a capital. Sua renúncia foi encaminhada ao Papa Francisco no início de 2019 por motivos de saúde.

O Papa aceitou a renúncia em novembro daquele ano, e ele passou a ser arcebispo emérito. Na ocasião, o pontífice também nomeou Dom Frei Leonardo Steiner, bispo auxiliar de Brasília, como o novo arcebispo de Manaus.

Por: G1 AM

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em