Andrea Leadsom, parlamentar britânica que deixou a liderança da Câmara dos Comuns por discordar da proposta de May sobre o Brexit, é vista perto do Parlamento nesta quarta-feira (22) — Foto: Hannah McKay/Reuters
Andrea Leadsom, parlamentar britânica que deixou a liderança da Câmara dos Comuns por discordar da proposta de May sobre o Brexit, é vista perto do Parlamento nesta quarta-feira (22) — Foto: Hannah McKay/Reuters

A líder do governo do Reino Unido na Câmara dos Comuns, Andrea Leadson, renunciou ao cargo nesta quarta-feira (22) por divergências em relação ao novo acordo sobre o Brexit proposto pela primeira-ministra Theresa May.

Em carta enviada à premiê e publicada nas redes sociais, Leadson – que é do Partido Conservador, o mesmo de May – afirmou não acreditar mais que as ações do governo entregarão o resultado do referendo de 2016, quando os eleitores britânicos votaram pela saída da União Europeia.

“Eu não acredito que nós nos tornaremos um Reino Unido verdadeiramente soberano pelo acordo proposto agora”, afirmou Leadson.

Leadson é contrária à ideia de um segundo referendo – a possibilidade de uma nova votação pública para aprovar ou não a decisão final do Parlamento está entre os tópicos da nova proposta de May.

A parlamentar também criticou a forma com a qual May vem lidando o tema com correligionários e opositores.

“A tolerância com aqueles no Gabinete favoráveis a políticas contrárias à posição do governo levou a uma destruição completa da responsabilidade coletiva”, reclamou Leadson.

Leia Também: Protestos contra reeleição na Indonésia aumentam após 6 mortes
Fonte: G1

 

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.