24.5 C
Manaus
quarta-feira, janeiro 23, 2019

Indonésia encontra segunda caixa-preta do avião da Lion Air que caiu em outubro

A Indonésia encontrou nesta segunda-feira (14) a caixa-preta que gravou a conversa entre os pilotos do avião da Lion Air que caiu no mar de Java em outubro do ano passado, segundo informaram autoridades locais. Todos os 189 ocupantes do Boeing 737 morreram no acidente.

O equipamento estava a 38 metros de profundidade, e enterrado 8 metros sob solo marinho, segundo detalhou o porta-voz da Marinha, Agung Nugroho, ao jornal local “Kumparan”.

O outro dispositivo que compõe o sistema de monitoramento da aeronave, responsável por gravar os dados do voo, já tinha sido localizado pelas equipes de resgate dias após o acidente.

As condições das águas próximas ao cabo Karawang, onde caiu o avião, dificultaram a busca da segunda caixa-preta.

Pelo local passam encanamentos de gás e petróleo, que impedem os navios de buscas de ancorar, além das fortes correntes marítimas e do solo lamacento.

O diretor de Dados e Informação do Comitê Nacional para a Segurança no Transporte (KNKT), Anggo Anurogo, disse à agência Efe que estavam preparado um relatório sobre a descoberta feita nesta manhã e que o equipamento poderia esclarecer os detalhes dos últimos minutos do voo.

O Boeing 737 MAX 8 da Lion Air caiu 13 minutos depois de decolar de Jacarta a caminho da cidade de Pangkal Pinang, localidade de trânsito para os turistas que visitam as praias da ilha vizinha de Belitung.

Poucos minutos antes, os pilotos haviam solicitado ao controle de tráfego aéreo permissão para retornar a Jacarta, cidade de origem do voo.

Um dia antes do acidente, a aeronave tinha passado por reparos após apresentar problemas técnicos durante um voo de Denpasar, na ilha de Bali, para Jacarta.

Queda de avião na Indonésia — Foto: Infografia: Igor Estrella/G1

Queda de avião na Indonésia — Foto: Infografia: Igor Estrella/G1

Fonte: Agência EFE

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.