Governo da Venezuela realiza conversações com
Embaixador da Venezuela na Organização das Nações Unidas, Jorge Valero (Foto: Chip East/Reuters)

Negociações entre o governo venezuelano e uma “parte democrática” da oposição estão em curso na Noruega, disse um embaixador nesta quinta-feira, em uma possível busca por soluções mediadas após uma tentativa falha de levante contra o presidente Nicolás Maduro.

“Sim, há conversas entre o governo bolivariano e setores democráticos da oposição”, disse o embaixador da Venezuela na Organização das Nações Unidas (ONU), Jorge Valero, a repórteres, denunciando a interferência dos Estados Unidos.

Chamando Maduro de ditador, o presidente norte-americano, Donald Trump, reforçou as sanções contra o governo de Maduro e liderou o reconhecimento internacional do líder da oposição, Juan Guaidó, que em janeiro invocou a Constituição para assumir a Presidência interina.

“O governo venezuelano é um governo que ama o diálogo”, acrescentou Valero, ao chamar Trump de criminoso de guerra. “Infelizmente, também existe uma oposição que é belicista, terrorista e fascista… simples fantoches do império dos EUA.”

Guaidó, que julgou a reeleição de Maduro em 2018 como fraudulenta, convocou um levante militar na Venezuela em 30 de abril, mas sua tentativa rapidamente falhou e as altas patentes militares têm, desde então, jurado lealdade a Maduro.

O Ministério das Relações Exteriores da Noruega informou que sua orientação era não comentar sobre possíveis participações ou negociações de paz.

“A Noruega acompanha a situação com grande preocupação. Nós encorajamos fortemente os partidos a encontrar uma solução política e pacífica para evitar nova escalada”, disse uma porta-voz do Ministério.

Muitos defensores da oposição venezuelana estão céticos quanto às negociações mediadas, já que outras tentativas falharam, dividiram a oposição e, em seu ponto de vista, meramente deram tempo a Maduro para que ele consolidasse seu poder e reprimisse protestos nas ruas.

Valero não deu mais detalhes sobre as negociações na Noruega.

O ministro da Informação, Jorge Rodríguez, e o governador do Estado de Miranda, Héctor Rodríguez, do governista Partido Socialista, viajaram para Oslo, segundo fontes da oposição.

O parlamentar de oposição Stalin González, junto aos conselheiros políticos Gerardo Blyde e Fernando Martínez também estão na capital norueguesa, disseram.

O país europeu tem a tradição de mediar conflitos, incluindo uma assistência ao acordo de paz na Colômbia em 2016 entre o governo e rebeldes das Farc.

Leia Também: Quase 50 palestinos são feridos na fronteira Gaza-Israel
Fonte: Reuters

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.