EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish
sexta-feira 10

de

abril

Menu

Hong Kong registra primeira morte por coronavírus; Macau fecha cassinos

Hong Kong registrou a primeira morte causada pelo recém-identificado coronavírus nesta terça-feira, a segunda fora da China continental e parte de um surto que já matou mais de 420 pessoas, se espalha pelo mundo e provoca temores em relação ao crescimento econômico global.

Os mercados chineses se estabilizaram depois de a ansiedade eliminar cerca de 400 bilhões de dólares de valor de mercado do índice de ações de Xangai no dia anterior, e os mercados globais também reagiram após uma liquidação na semana passada, mas as notícias ruins continuaram a chegar.

Macau, um importante polo de jogos de azar, disse que pediu a todas as operadoras de cassino que suspendam as operações durante duas semanas para ajudar a conter a disseminação do vírus. Em outro anúncio que aumentará as preocupações com o impacto econômico, a Hyundai Motor disse que suspenderá gradualmente a produção em suas fábricas sul-coreanas por causa dos transtornos causados pela epidemia.

A morte em Hong Kong elevou o saldo de mortes pelo vírus para 427, incluindo um homem que morreu nas Filipinas na semana passada depois de visitar Wuhan, cidade do centro da China no epicentro do surto.

Autoridades chinesas disseram que o saldo na China continental aumentou em 64 em relação ao dia anterior, uma cifra recorde, e chegou a 425, a maioria em Hubei, província virtualmente interditada cuja capital é Wuhan.

Cingapura relatou mais seis casos, incluindo quatro transmissões locais, o que elevou sua cifra de infecções para 24, disse o Ministério da Saúde.

“Embora quatro destes casos constituam um aglomerado de transmissão local, ainda não há indícios de uma transmissão comunitária generalizada e contínua”, informou a pasta em um comunicado.

Leia Também: Construído em 10 dias, hospital recebe primeiros pacientes com coronavírus na China

Novos casos foram relatados nos Estados Unidos, inclusive o de um paciente da Califórnia infectado devido ao contato próximo com alguém da mesma moradia que havia sido contaminado na China.

Foi a segunda instância de transmissão de pessoa a pessoa nos EUA – na semana passada se relatou um caso em Illinois.

O número total de infecções na China continental aumentou em 3.235 e alcançou 20.438, e surgiram quase 200 casos em outros locais de 24 países e nas regiões administrativas especiais chinesas de Hong Kong e Macau.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou o vírus semelhante à gripe uma emergência global, e especialistas dizem que ainda se desconhece muita coisa sobre o patógeno, incluindo sua taxa de mortalidade e suas rotas de transmissão.

Fonte: Reuters

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em

X