Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

França pode adiar Roland Garros pelo segundo ano consecutivo, admite ministra

País entrou em um terceiro lockdown restritivo em todo o país neste sábado para conter a propagação do coronavírus

Publicado em

A ministra dos Esportes da França, Roxana Maracineanu, disse que é possível que o Aberto da França seja adiado pelo segundo ano seguido devido à crise de Covid-19.

A França entrou em um terceiro lockdown restritivo em todo o país neste sábado para conter a propagação do coronavírus, embora os esportes profissionais tenham sido poupados.

Uma exceção é a prova de ciclismo de Paris-Roubaix, que foi adiada — inicialmente, a corrida aconteceria no dia 11 de abril. O Aberto da França em Roland Garros, que no ano passado foi adiado por quatro meses e aconteceu diante de um público limitado, está previsto para começar este ano no dia 23 de maio.

Continua depois da publicidade

“Estamos discutindo com eles (a Federação Francesa de Tênis, que organiza o evento) para ver se devemos mudar a data para coincidir com uma possível retomada de todos os esportes e grandes eventos”, disse Maracineanu à rádio France Info, na noite do sábado.

Imagem: Reprodução

“Hoje, embora o esporte de alto nível tenha sido preservado, tentamos limitar os riscos de aglomeração e de propagação do vírus dentro do esporte profissional.”

O presidente francês, Emmanuel Macron, disse na quarta-feira que espera reabrir o país em meados de maio. O diretor-geral da Federação Francesa de Tênis, Gilles Moreton, disse no início desta semana que não consegue imaginar o torneio do Grand Slam sendo cancelado.

*Com informação da CNN

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em