Foto: Reuters

Partes do aeroporto de Frankfurt foram esvaziadas durante várias horas nesta terça-feira por causa de uma falha de segurança na qual uma família francesa de quatro pessoas teve permissão de deixar a área de segurança apesar de ser flagrada em um teste de explosivos, disse a polícia federal.

Depois que o alarme foi dado, a família foi localizada no terminal, reexaminada e liberada para continuar sua viagem.

Mas os portões A e Z do terminal 1 foram interditados temporariamente no aeroporto, um grande polo de tráfego aéreo internacional, prejudicando as viagens durante o movimentado verão local.

“A causa do esvaziamento do terminal foi um erro de um agente de segurança. Apesar de um exame de explosivos positivo, uma família francesa de quatro pessoas teve permissão de deixar a área de segurança”, explicou a polícia no Twitter.

A corporação não deu detalhes sobre o que provocou o primeiro exame de explosivos positivo.

Às 12h30 locais, a polícia anunciou que partes afetadas do aeroporto, sede da empresa aérea Lufthansa, haviam sido reabertas, permitindo a volta de passageiros e funcionários do aeroporto.

Cerca de 1.500 voos estavam programados para chegadas e partidas no aeroporto nesta terça-feira, de acordo com a Fraport, operadora do aeroporto.

A Lufthansa disse que cerca de 7 mil passageiros foram prejudicados pelas interrupções, já que alguns voos foram cancelados e alguns aviões foram forçados a decolar sem passageiros em resultado da retirada.

A companhia informou ter reservado dois mil quartos de hotel para os passageiros afetados passarem a noite.

Fonte: Reuters

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here