Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

Escola de robótica de Manaus é uma das escolhidas para programa da ONU

Publicado em

A escola de robótica Manáos Tech for Kids foi uma das 35 empresas do País a ser escolhida para participar do programa Brazil Accelerate 2030.

Uma iniciativa do Impact Hub e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) para impulsionar negócios de impacto socioambiental.

Na primeira etapa do programa serão realizadas atividades de formação nas capitais brasileiras participantes que são: São Paulo, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Manaus e Florianópolis.

Continua depois da publicidade

Nela, os empreendedores serão capacitados para aprimorar práticas de mensuração de impacto, também terão de elaborar um plano de escala global, oferecer suporte e ainda fazer contatos com especialistas, investidores, mentores e parceiros do mundo todo.

Já na segunda etapa, serão escolhidas as três empresas com o melhor desempenho. Elas serão indicadas para participar de uma imersão em Genebra, na Suíça, onde irão participar de eventos globais voltados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).

Os ODS são temas humanitários que devem servir como prioridade nas políticas públicas internacionais até 2030.

Além disso, as empresas escolhidas também receberão suporte de organizações internacionais por mais nove meses para fortalecerem seus modelos de negócios.

A escolha da Manáos Tech for Kids foi recebida com grande comemoração. O CEO da escola de robótica, Glauco Aguiar, enfatiza que só o fato em estar entre as 35 empresas do Brasil reconhecidas por investir em projetos de impacto socioambientais já representa uma grande vitória.

A metodologia de ensino que os alunos recebem na Manáos Tech for Kids vai muito além de aprender somente sobre robótica, segundo Glauco.

Crianças e adolescentes recebem aulas de empreendedorismo focado em negócios de impacto social, aguçando ainda mais o estímulo por soluções para problemas sociais.

“Na nossa escola, os alunos são preparados para aprender a montar negócios que vão desde inclusão social a tecnologias que possam solucionar alguma demanda da comunidade, como foi o caso do aplicativo (APP) que eles desenvolveram para ajudar a pessoas surdas”, destaca Glauco.

Para o segundo semestre de 2019, a escola já está com matrículas abertas para os cursos de robótica, criação de games e de aplicativos, empreendedorismo e programação.

As aulas são direcionadas para crianças a partir de seis anos de idade. Mais informações pelos telefones: (92) 99103-8067 e (92) 98121-0730 ou ainda pelo site da instituição.

Leia Também: Governo do Amazonas apresentará projeto de conclusão da BR-319
Fonte: A Crítica
Categoria

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em
X