Duas mortes são oficialmente confirmadas
Buscas por vítimas do desabamento do Edifício Andréa, em Fortaleza, seguirão por toda a madrugada, de acordo com a Secretaria da Segurança — Foto: Rafaela Duarte/SVM

O Corpo de Bombeiros confirmou oficialmente duas mortes na manhã desta quarta-feira (16) em decorrência do desabamento do Edifício Andrea, no Bairro Dionísio Torres, em Fortaleza.

O anúncio foi feito pelo comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Luís Eduardo Soares de Holanda, por volta das 07h45. Segundo o oficial, a primeira  vítima é Frederick Santana dos Santos, de 30 anos.

Edifício residencial de sete andares desabou ontem por volta das 10:30h – Foto: Rodrigo Patricio/AFP)

Ele estava em um mercadinho que funcionava ao lado do prédio e que foi atingido pelos escombros.

Leia Também: Exame para identificar vírus Zika é comercializado no Brasil

A vítima estava descarregando água quando foi atingida durante o desabamento. O prédio residencial desabou na manhã desta terça-feira.

O entregador de água, Antônio Gomes Marcelino, 34 anos, conseguiu escapar do mercadinho com vida.

A outra vítima ainda não foi identificada, as autoridades estimam que haviam 18 pessoas no prédio no momento do desabamento.

Nesta manhã, a corporação atualizou de oito para nove o total de pessoas desaparecidas.

Conforme o coronel Holanda, cães farejaram nos escombros e apontaram a existência de cinco pontos que podem dar acesso a outras vítimas.

“Pode ser que num ponto só a gente possa ter acesso a uma, duas ou três vítimas”, afirma.

Mapa detalha prédio que desabou em Fortaleza — Foto: Arte G1

Mais cedo, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS) havia informado que uma pessoa tinha morrido no desabamento.

Porém o governador Camilo Santana afirmou por volta das 18h que não havia até aquele momento a confirmação de nenhuma morte. Não foi esclarecida a razão da divergência inicial.

Fonte: G1

1 COMENTÁRIO

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.