A mãe do senador Omar Aziz (PSD), Delphina Rinalde Abdel Aziz, faleceu por volta das 2h desta sexta-feira (13), aos 83 anos. O velório será realizado na Funerária Almir Neves, localizada no Centro de Manaus.

Pelas suas redes sociais, o senador Omar confirmou a morte da mãe e lamentou o ocorrido. “Com o coração apertado aqui, informo a todos os meus amigos o falecimento, hoje por volta de duas horas da madrugada, da minha guerreira mãe Delfina Aziz. O tempo de todos nós é de Deus. É só Ele pode nos amparar nessa hora”, disse Omar.

Ainda na nota, o senador destaca que Delphina deixa seis filhos. “Dona Delfina, como todos chamavam, foi uma guerreira do bem. Quem conheceu e quem não conheceu sabe da obra e da dedicação que sempre teve não apenas com a família, em especial os filhos, mas com todos que se aproximavam. Incapaz de dizer um não, incapaz de não estender a mão”, afirmou Omar.

Marco no Amazonas

Em março, logo após completar 81 anos, Delphina foi parabenizada na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) com moção dos deputados Belarmino Lins e Josué Neto por conta de suas importantes atividades sociais.

Dona Delphina foi presidente da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais Antonio Menezes (Apae). Pelo trabalho na entidade, em novembro de 2007, ela foi homenageada na Câmara Municipal com o Diploma de Mérito Cidade de Manaus, uma das mais altas comendas concedidas pela Casa.

À época, emocionada com a homenagem, Delphina dedicou o título às crianças a quem dava tanta atenção. “Essas crianças necessitam de muito amor e carinho. E isso eu tenho bastante para dar. É um trabalho que não é invisível. É visível. Eu agradeço muito essa homenagem. Hoje foi um dia muito feliz para mim”, afirmou.

Inaugurado em Manaus há quase quatro anos, o Hospital e Pronto-socorro da Zona Norte foi batizado com o nome de Delphina Aziz, que chegou a participar da inauguração da unidade hospitalar.

Confira na íntegra a nota do Senador:

Com o coração apertado aqui, informo a todos os meus amigos o falecimento, hoje por volta de duas horas da madrugada, da minha guerreira mãe Delfina Aziz.
O tempo de todos nós é de Deus. É só Ele pode nos amparar nessa hora.

Dona Delfina, como todos chamavam, foi uma guerreira do bem. Quem conheceu e quem não conheceu sabe da obra e da dedicação que sempre teve não apenas com a família, em especial os filhos, mas com todos que se aproximavam. Incapaz de dizer um não, incapaz de não estender a mão.

Seis filhos e um sem número de adotados pelo coração tiveram seu abraço, seu afago e aquele sorriso solidário que não tinha limites e não perguntava a quem.
Que essa tristeza a nos invadir agora seja superada com o tempo de Deus a nos guiar pelos mesmos caminhos, dia após dia. Tenho certeza de filho, é o que ela nos pede lá ao lado do Pai.

Seja abençoada minha mãe. Olhe por nós aí de cima. Olhe por aqueles que merecem e precisam dessa mão solidária de mãe. Mãe que fostes para tantas crianças que um dia encontrastes.

Daqui, te amaremos cada vez mais. Daqui continuaremos a contar com teu amor. Jamais estarás longe.

Tchau mamãe.

Fonte: Acrítica

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here