Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

Cobertura de vacinação contra paralisia infantil no AM é considerada baixa

Campanha contra poliomielite segue até 30 de outubro, em todas as unidades básicas de saúde

Publicado em

Dados parciais do Programa Nacional de Imunização, da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (PNI/FVS-AM) apontam que a cobertura vacinal no estado é de 28,6% da meta da campanha, abaixo da meta.

Em Manaus, o índice de cobertura atual é de 33,8%. A campanha segue até o dia 30 de outubro.

Conforme o levantamento, divulgado na quinta-feira (22), foram imunizadas 87.543 crianças menores de cinco anos no estado, do início da campanha (05/10) até esta quarta-feira (21/10). A meta da campanha são 306.602 crianças.

Continua depois da publicidade

O levantamento leva em consideração o quantitativo de doses aplicadas nos 61 municípios do estado, a partir dos dados de cobertura informados pelas secretarias municipais de saúde.

Leia também: Decreto torna sabão antibactericida item ‘essencial e necessário’ em cestas básicas no AM

De todo o estado, as equipes de Benjamin Constant, Envira, Japurá, Juruá e São Paulo de Olivença, representando 8% do total de municípios, não havia enviado a cobertura atualizada até esta quarta-feira (21/10).

A diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Costa Pinto, alerta que a vacinação é a principal estratégia usada para combater a paralisia infantil.

“Precisamos melhorar a cobertura vacinal de todos os municípios do Amazonas que está muito baixa. É importante lembrar que vacinar é um ato de cuidado com a criança”, disse por meio da assessoria de imprensa.

As doses de vacina contra a poliomielite estão disponíveis em Unidades Básicas de Saúde (UBS), em todo o Amazonas.

Quem deve se vacinar

Conforme o Ministério da Saúde, a campanha contra a poliomielite (paralisia infantil) é destinada a crianças menores de cinco anos de idade com estratégias diferenciadas para crianças com até um ano incompleto e para aquelas na faixa etária de 1 a 4 anos.

A depender do esquema vacinal registrado na caderneta, a criança poderá receber a Vacina Oral Poliomielite (VOP), como dose de reforço ou dose extra, ou a Vacina Inativada Poliomielite (VIP), como dose de rotina.

Paralelamente, ocorre a campanha de multivacinação para atualização da caderneta de vacinação das crianças e dos adolescentes menores de 15 anos. A mobilização vai até o dia 30 de outubro, em UBS.

AglomeraçõesDados parciais do Programa Nacional de Imunização, da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (PNI/FVS-AM) apontam que a cobertura vacinal no estado 

A FVS-AM alerta que a imunização deve ser realizada respeitando as medidas de prevenção à covid-19.

As unidades de saúde que funcionam como postos de vacinação devem tornar disponível local para lavagem das mãos ou álcool gel 70%, limitar o número de familiares que acompanhem a pessoa que será vacinada e atenção para o distanciamento social de 1,5 metro.

Fonte: G1 Amazonas

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em
X