KLEBER GONÇALVES/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
KLEBER GONÇALVES/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O Coronel Holanda, comandante responsável pelo Corpo de Bombeiros do Ceará, confirmou a segunda vítima fatal do desabamento de um prédio de sete andares que aconteceu ontem, terça-feira (15).

O corpo de uma mulher, de aproximadamente 70 anos, foi encontrado por volta das 5h. Ele estava em um lugar de difícil acesso e, por isso, os bombeiros afirmam que ainda não foi possível retirá-lo e nem confirmar sua identidade.

Além das duas mortes confirmadas, nove pessoas já conseguiram ser resgatadas com vida e nove ainda estão sob os escombros. Pelo segundo dia, a equipe do Corpo de Bombeiros está no local em que o prédio desabou para resgatar vítimas. “As equipes permanecem no local onde os cães alarmaram como de possíveis vítimas”, afirmou o comandante Eduardo Holando em coletiva de imprensa concedida por volta das 7h desta quarta-feira (16).

“Ainda estamos utilizando ferramentas de baixo impacto evitando o maquinário pesado que pode trazer instabilidade e consequentemente

diminuir a possibilidade de resgatarmos as pessoas.” afirmou.

Segundo ele, a chuva que cai no bairro não atrapalha o trabalho dos Bombeiros. “Ontem, um trabalhador da área de ar condicionado veio nos procurar dizendo que o irmão não tinha voltado para casa. Consideramos ele como desaparecido, além do zelador.”

Leia também: Artesãos do Prosamim promovem exposição do projeto do ‘Lixo ao luxo’

Primeira vítima e desabamento

Por volta de 10h30 da terça-feira (15), o edifício Andrea ruiu e atingiu um caminhão e uma residência ao lado da edificação. O desabamento ocorreu no cruzamento da rua Tibúrcio Cavalcante com a rua Tomás Acioli, entre os bairros de Dionísio Torres e Joaquim Távora, área nobre da capital cearense.

Um homem de 30 anos é a primeira vítima confirmada em decorrência do desabamento. Em nota, a SSPDS (Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará) afirmou que o Corpo de Bombeiros retirou no final desta noite o corpo de Frederick Santana dos Santos dos escombros.

Segundo os bombeiros, Santos estava no mercadinho que funcionava ao lado do edifício Andrea, no bairro Dionísio Torres.

Fonte: R7

2 COMENTÁRIOS

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.