Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

Argentino Hernán Crespo é o novo técnico do São Paulo

Ex-atacante de 45 anos chega para substituir Fernando Diniz. Ele assinou contrato de dois anos. Estreia deve ser só no Paulistão

Publicado em

O São Paulo tem um novo técnico. Nesta sexta-feira (12), o clube resolveu as últimas pendências com Hernán Crespo, de 45 anos, que chega para assumir o comando do time no lugar de Fernando Diniz.

O argentino assinou por dois anos e chega pouco tempo depois de ter conquistado a Copa Sul-Americana com o Defensa y Justicia, o primeiro título internacional do clube.

A negociação se arrastou por quase uma semana e, além do assédio de outros clubes e até a seleção chilena ao treinador, as partes finalmente se acertaram na questão de valores.

Continua depois da publicidade

Ele chega ao Tricolor com outros cinco profissionais: o auxiliar Juan Branda, o preparador de goleiros Gustavo Nepote, os preparadores físicos Alejandro Kohan e Gustavo Satto, além do analista Tobías Kohan.

A tendência é que estreie apenas após o fim do Brasileirão. O anúncio oficial deve acontecer ainda nesta sexta.

No último domingo, Crespo usou as redes sociais para agradecer o tempo que esteve no time. O presidente do Defensa, José Lemme, já tinha adiantado que o caminho do argentino seria o Tricolor.

Crespo tem uma carreira ainda curta como treinador. Começou em 2014, nas categorias de base do Parma, time italiano em que ele se aposentou como jogador de futebol na temporada 2011/12. O Modena foi o primeiro clube como técnico do time principal. Ele ficou lá na temporada 2015/16.

Depois trabalhou no Banfield, da Argentina, por quase dois anos. Quando foi chamado para assumir o Defensa y Justicia e conquistar seu primeiro título como técnico. Na despedida, ele fez questão de agradecer o apoio recebido.

“Foi um ano de muito esforço, empenho e paixão para tentar concretizar a nossa proposta de jogo”, escreveu.

Ele agradeceu aos jogadores, torcida, funcionários do Defensa e lembrou do apoio em um ano difícil de pandemia. “Muito obrigado aos torcedores, que neste ano de pandemia nos enviaram apoio, encorajamento incondicional e carinho em todas as formas possíveis. O Defensa y Justicia estará no meu coração e no da minha família para sempre”, finalizou.

Em toda a sua carreira, ele tem 116 jogos como treinador, com 42 vitorias, 28 empates e 46 derrotas, totalizando 44% de aproveitamento.

Camisa 9 letal

Como atleta, Crespo defendeu a seleção da Argentina em três Copas do Mundo (França, 1998; Coreia e Japão, 2002; e Alemanha, 2006). Começou a carreira no River Plate e jogou em grandes clubes da Europa, como Lazio, Inter de Milão e Milan, da Itália, além do Chelsea, na Inglaterra.

Por: R7

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em