EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

Essencial Tipo...Você!

segunda-feira, 22 abril, 2019

Seduc-AM realiza primeiro Workshop Psicossocial com psicólogos e assistentes

Com objetivo de compreender as necessidades de quem está na ponta atuando nas demandas psicossociais nas escolas, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc-AM) realizou nesta segunda-feira (15/4) o I Workshop Psicossocial “Socializando Saberes”.

O evento marca o início das atividades da nova Coordenadoria Psicossocial, e contou com a presença dos psicólogos, assistentes sociais e coordenadores distritais de educação da Secretaria, que compartilharam experiências, necessidades e críticas.

Os gestores das sete Coordenadorias Distritais de Educação (CDEs) da capital apresentaram as atividades desenvolvidas nas escolas de Manaus e as dificuldades enfrentadas.

O objetivo do Workshop foi reunir experiências positivas e propor modelos comuns de abordagens, mas sempre levando em conta as especificidades de cada instituição, como apontado pelo coordenador da CDE 6, Raimundo Cleuci.

“Realidades diferentes exigem estratégias além das rotineiras.

Nós realizamos atendimentos, palestras e oficinas tanto a servidores quanto a familiares.

Nosso objetivo é a construção e autonomia, responsabilidade e cooperação, e esse modelo tem funcionado bastante para nossa realidade”, explicou Cleuci.

Concursados – O Secretário de Estado de Educação, Luiz Castro, participou do evento e anunciou a priorização na convocação de psicólogos e assistentes sociais selecionados no último concurso da pasta.

No edital do certame, foram ofertadas 73 vagas, sendo 36 para psicólogos e 37 para assistentes sociais.

O Secretário ressaltou, ainda, o trabalho das duas categorias como indispensável para os avanços na Educação.

“O apoio psicossocial é importantíssimo para que haja o maior aproveitamento possível no processo de aprendizagem, tanto para alunos quanto professores.

Nossa intenção, ao priorizar a convocação de mais profissionais, é que a presença de psicólogos e assistentes sociais ajude na construção da escola enquanto espaço de acolhimento e diálogo”, afirmou.

Experiências positivas – Nas apresentações, grande parte das escolas reportou a realização de rodas de conversa, elaboração e monitoramento de projetos e relatórios.

Já quanto às sugestões de melhoria, entraram em pauta a necessidade de locais adequados para atendimento na escola, o aumento no número de profissionais e o encaminhamento de ficha de solicitação de atendimento psicossocial.

O secretariado da Seduc-AM recebeu as demandas, tanto da capital quanto do interior, e trabalhará em conjunto para atendê-las.

Veja Também:

Brasileira registra início do incêndio na Catedral de Notre-Dame

Volkswagen faz recall de 114.523 unidades de Polo e Virtus no Brasil

 

Fonte: Assessoria SEDUC

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.