O ato fechou a avenida São Jorge sentido Centro | Foto: Lucas Vasconcelos
O ato fechou a avenida São Jorge sentido Centro | Foto: Lucas Vasconcelos

Moradores de áreas alagadas no bairro São Jorge, Zona Oeste de Manaus, fizeram uma nova manifestação nesta quarta-feira (12) e bloquearam a ponte no sentido bairro/Centro.

Os manifestantes reivindicam ajuda das autoridades para a construção de pontes e demais auxílios da operação SOS Enchente. O ato iniciou às 11h30.

Os manifestantes ressaltam, ainda, que estão esperando uma resposta da Defesa Civil de Manaus desde abril, quando foi feito o cadastro das casas na operação SOS Enchente, ação de diversas secretarias da prefeitura que já resultou na construção de mais de mil metros de pontes provisórias em 6 bairros, dos 15 bairros passíveis de alagação.

Os manifestantes contam que se nada for resolvido irão fechar a avenida Constantino Nery ainda hoje.

“Nossas casas estão alagadas, nossos filhos estão com risco de pegar doenças. Aparecem cobras na porta de casa. Não recebemos nenhum auxílio ainda. Fizeram apenas a ponte principal com acesso às casas, mas não adianta, a água vem e ultrapassa a ponte”, contou uma das moradoras.

Policiais militares da 21º Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionados para conter o ato. A equipe acionou a Defesa Civil para o local.

Em nota, a Defesa Civil informou que durante as ações do SOS Enchente 2019 já foram construídos mais de 1 mil metros quadrados de pontes em áreas alagadiças.

Os becos que ainda não tem ponte e que foram catalogados pela Defesa Civil devem aguardar o cronograma de construções, que seguem em andamento.

A Defesa Civil já construiu ponte provisória no local, a situação atual se trata de ponte definitiva e será realizada a construção de “ponte sobre ponte” no decorrer do cronograma.

Orientação da Defesa Civil

A Defesa Civil ressalta que em qualquer situação de risco em residências e em áreas de risco o morador procure um local seguro e acione a Central de Emergência 199 do órgão para que o seja realizado o atendimento de vistoria no local.

Após o atendimento a equipe do órgão realizará a devida orientação das providências cabíveis para a situação.

Leia Também: Idosos ‘malham a mente’ em oficina da Prefeitura de Manaus
Fonte: Em Tempo

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.