24.5 C
Manaus
quarta-feira, janeiro 23, 2019

Famílias afetadas por incêndio no Educandos começam a receber Auxílio Aluguel nesta sexta-feira (11)

As famílias afetadas pelo incêndio que atingiu o bairro Educandos, na Zona Sul de Manaus, em dezembro do ano passado, começaram a receber o Auxílio Aluguel nesta sexta-feira (11).

Segundo a Prefeitura de Manaus, 546 famílias receberão a ordem de pagamento do benefício neste primeiro momento.

O Auxílio é pago com recursos públicos do município direcionados a vítimas de calamidades.

O valor repassado é de R$ 300, pelo período de um ano, podendo ser prorrogado por mais seis meses, de acordo com a Lei Municipal nº 1.666, de 25 de abril de 2012.

Incêndio devastou bairro Educandos, em Manaus — Foto: Suamy Beydoun/AGIF/Estadão Conteúdo

Incêndio devastou bairro Educandos, em Manaus — Foto: Suamy Beydoun/AGIF/Estadão Conteúdo

A liberação teve início às 9h30 na Agência de Desenvolvimento Local (ADL/Cajual), localizada na rua 1º de Maio, no bairro Morro da Liberdade, na Zona Sul da capital.

Ao todo, 735 famílias tiveram cadastro aprovado para receber o benefício e as primeiras contempladas apresentaram todos os requisitos necessários para o recebimento do Auxílio Aluguel.

O pagamento é feito via Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), por meio do Banco do Brasil.

As 841 famílias cadastradas por conta do incêndio foram submetidas a triagem, a fim de combater fraudes no processo de entrega de benefícios às vítimas.

O benefício faz parte de um plano de auxílio para as famílias. Entre as ações está também um cheque social no valor de R$ 900 para cada família, além de 500 cestas básicas e mil galões de água potável que foram encaminhados aos abrigos.

O incêndio

O bairro de Educandos é visto envolvido pelas chamas durante um incêndio de grandes proporções em Manaus. — Foto: Michael Dantas/AFP

O bairro de Educandos é visto envolvido pelas chamas durante um incêndio de grandes proporções em Manaus. — Foto: Michael Dantas/AFP

O fogo começou em uma área com dezenas de casas de madeira, entre as ruas Inácio Guimarães e Nova, por volta das 20h, e se propagou para residências de alvenaria.

A quantidade de veículos estacionados nas vias, o vento constante e a interrupção na distribuição de energia elétrica agravaram a situação.

Famílias atingidas pelo incêndio permaneceram no local durante toda a noite.

Segundo moradores, a estrutura de uma casa de alvenaria por trás da Rua Inácio Guimarães – destruída durante o incêndio – apresentou uma explosão às 6h30 desta terça.

As chamas tomaram conta da residência, mas o Corpo de Bombeiros combateu o fogo imediatamente.

Fonte: G1 AMZONAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.