Detran-AM realizou mais 200 testes de alcoolemia no último final de semana. (Foto: Divulgação/Detran-AM)
Detran-AM realizou mais 200 testes de alcoolemia no último final de semana. (Foto: Divulgação/Detran-AM)

O Detran-AM realizou 255 testes de alcoolemia no último final de semana, durante operação da Lei Seca, em Manaus. Do total de motoristas avaliados, 18 foram flagrados dirigindo sob o efeito de álcool.

A fiscalização ocorreu entre sábado (11/5) e o domingo (12/5), em diversas zonas da cidade.

A Operação Lei Seca ocorreu em parceria com o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTRan) e a Polícia Civil.

Durante a ação, 22 veículos foram removidos, sendo 12 carros e 10 motos, além de 149 autos de infração emitidos contra motoristas por diversas irregularidades.

Além disso, 16 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) e 16 Certificados de Licenciamento de Veículo (CRLV) foram retidos.

Os veículos recolhidos foram removidos para o Parqueamento do Detran-AM, localizado no bairro Planalto, zona centro-oeste de Manaus, até que os proprietários regularizem as pendências.

A operação faz parte da rotina de fiscalização do Detran-AM, determinada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), realizada pela autarquia por meio do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot).

O objetivo da ação é promover a ordem e bem-estar social no trânsito, além de eventuais autuações quanto ao cometimento de infrações.

A ação integrada compõe a estratégia do sistema de segurança pública do Governo do Amazonas para a redução dos índices de criminalidade e ocorrências no trânsito.

Operação realizada pelo Detran-Am em parcerias com outros órgãos. (Foto: Divulgação/Detran-AM)
Operação realizada pelo Detran-Am em parcerias com outros órgãos. (Foto: Divulgação/Detran-AM)

A Lei Seca

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a multa para quem dirige embriagado é de R$ 2.934,70.

Conforme a legislação, todos os motoristas flagrados em fiscalizações têm direito a ampla defesa, até que a CNH seja efetivamente suspensa.

Se o condutor voltar a cometer a mesma infração dentro de 12 meses, o valor da multa será dobrado.

Leia também: MEC anuncia construção de escolas indígenas em município do AM
Fonte: Assessoria de Comunicação do Detran-AM

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.