O produtor do remake de Resident Evil 2, Yoshiaki Hirabayashi, deu a resposta para uma dúvida frequente dos jogadores e confirmou que a nova versão do game não terá a tradicional câmera fixa. De acordo com ele, a ideia do relançamento é focar na visão sobre o ombro, mas sem esquecer dos elementos de terror que fizeram do título um clássico absoluto. O jogo será lançado no dia 25 de janeiro para Xbox One, PC e PlayStation 4.

Em entrevista ao site Rely on Horror, ele conta que a equipe de desenvolvimento avaliou todas as possibilidades existentes na franquia, desde a câmera sobre o ombro, que foi a escolhida, até a visão fixa ou também em primeira pessoa, de Resident Evil 7. A conclusão, afirmou Hirabayashi, foi que permitir que o jogador enxergasse bem o personagem e seus encontros com os inimigos seria a melhor opção para o remake.

Câmera sobre o ombro foi a escolha da Capcom para o remake de Resident Evil 2 (Foto: Divulgação/Capcom)

Câmera sobre o ombro foi a escolha da Capcom para o remake de Resident Evil 2 (Foto: Divulgação/Capcom)

Sendo assim, o remake de Resident Evil 2 acabou seguindo o caminho de outros jogos mais recentes da franquia, mas com um zoom ou ângulos diferentes aqui e ali, de forma a evidenciar o horror dos encontros com os zumbis e outros monstros. Derrubando ainda mais a esperança dos fãs, o produtor Tsuyoshi Kanda disse que a Capcom não está pensando em opções alternativas de câmera para o jogo.

O remake de Resident Evil 2 foi um dos principais anúncios da E3 2018, que chegou ao final na última semana.

Fonte: TechTudo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here