Com os planos do órgão regulador de telecomunicações dos Estados Unidos (FCC) de votar, nesta quinta-feira (14) mudanças nas regulamentações da internet que prejudicariam a neutralidade da rede, a plataforma de streaming Twitch se posicionou oficialmente em um comunicado, colocando sua existência em xeque caso as novas regras sejam aprovadas.

A neutralidade da rede tem desempenhado um papel importante na história da Twitch“, afirmou Emmett Shear, CEO do Twitch, em um comunicado (via GameSpot). “Sem isso, talvez não estivéssemos aqui hoje, e nossos streamers talvez não estejam aqui amanhã“.

O executivo defende que a comunidade de produtores de conteúdo da plataforma é composta, em grande parte, por pequenos produtores de conteúdo, que dependem de um serviço de de distribuição de qualidade e de fácil acesso para suas transmissões. Sem a neutralidade da rede, o poder da internet de criar esse tipo de ocupação seria “erodido”, indica Shear.

Com as mudanças propostas pela FCC, na prática, operadores poderiam dividir o serviço de internet em “pacotes”, exigindo de usuários paguem mais para ter acesso a serviços com consumo maior de banda – como o Twitch, por exemplo.

Dona da plataforma Twitch, a Amazon já havia se posicionado contra as mudanças propostas pela FCC, mas essa é a primeira vez que a empresa de streaming fala sobre o caso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here