24.5 C
Manaus
quarta-feira, janeiro 23, 2019

Aprenda a fazer um delicioso hambúrguer de Tambaqui

Manaus, essa cidade localizada bem no meio da Floresta Amazônica é capaz de ter umas surpresas que cativam qualquer visitante disposto a se deixar levar pelo desconhecido.

Além do povo hospitaleiro, a culinária exerce um certo poder sob os visitantes e já ganhou um ditado bem popular aqui pela cidade. Quem come jaraqui não sai mais daqui. 

Jaraqui é um peixe muito comum nas feiras da cidade (e com um preço amigo) que tem uma carne macia e saborosa. Mas acho que seu sabor é facilmente superado por outro peixe que ganha a minha preferência na mesa: o tambaqui. 

O tambaqui é um peixe de carne muito mais macia que o jaraqui, o que de certa forma lembra os peixes lisos e ele consegue ficar bom cozido, assado, grelhado e o que mais você possa imaginar.

Preparando o hambúrguer

Eu imaginei que ele poderia ficar muito bem um hambúrguer combinado com outros ingredientes típicos da Amazônia como limão caiano e tucupi.

Então o primeiro passo foi pensar como esse hambúrguer seria feito e foi daí que resolvi comprar logo o picadinho de tambaqui para facilitar a minha vida, mas isso não impede que você compre o peixe e vá cortando em pedacinhos com a ponta da faca. 

A partir daí pensei numa composição bem básica para temperar o peixe: limão, sal , pimenta-do-reino e azeite. O legal é que se você desistir da receita no meio do caminho, você já tem um ceviche praticamente pronto.

Mas seguir adiante vale a pena porque pensa num sanduíche gostosinho…

Peixe é uma carne relativamente magra, então é um pouco mais complicado para criar liga para formar um hambúrguer apenas com o azeite.

Portanto, decidi levá-lo para congelar até endurecer o suficiente para que não desmanchasse na hora da fritura. Depois de endurecido, eu empanei o hambúrguer com ovo temperado com sal e pimenta-do-reino e farinha de rosca. Em seguida levei para fritar em fogo médio.

O molho

Quando eu pensei em fazer o molho, queria que ele tivesse algumas nuances de molho tártaro, pois esse combina muito bem com peixes.

Além da maionese, coloquei 3 ingredientes ácidos (cebola, limão caiano e tucupi) e para diminuir essa acidez, adicionei o creme de leite e o molho ficou do jeito que eu queria: cremoso, sabores intensos e equilibrados.

Dá pra pirar mais nessas combinações, especialmente se tratando do tucupi e limão caiano, cuja árvore está belíssima (a foto não ta ajudando muito) carregada no quintal.

Preciso tentar fazer conserva com ele, porque ele se parece muito com picles.

limaocaiano

Montando o sanduíche

Antes de montar o sanduíche em si, faz uma boa diferença esquentar a parte cortada do pão na grelha ou frigideira, porque isso faz com que o pão obtenha uma textura mais firme e não fique completamente úmido quando receber o molho. 

Na montagem foi primeiro molho, o hambúrguer, queijo coalho, salsinha (fica maravilhosa ) e mais molho. É um hambúrguer bem leve, mas muito saboroso que encheu de orgulho poder combinar ingredientes regionais em uma comida com apelo hipster.

Fonte: Gordice

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.