Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

Flight Simulator 2020 vai gerar bilhões para o mercado de PCs

O Flight Simulator 2020 foi lançado oficialmente na segunda-feira, dia 17 de agosto, com requisitos de hardware que assustaram boa parte dos amantes de games em todo o mundo.

Publicado em

O Flight Simulator 2020 foi lançado oficialmente na segunda-feira, dia 17 de agosto, com requisitos de hardware que assustaram boa parte dos amantes de games em todo o mundo. O jogo tem sido considerado um dos mais sofisticados da história, em termos de qualidade gráfica.

Por isso, a JPR considera que o simulador vai incentivar largamente as vendas de hardware para PCs, incluindo novos processadores, novas placas de vídeo, controles, monitores maiores e de alta resolução, além de peças e acessórios dedicados a simuladores de voo, como assentos adaptados e equipamentos de realidade virtual.

O analista Ted Pollak disse que, ao longo do tempo, o título deve criar uma alta na demanda por novo hardware, já que, quando se lançam simuladores de voo, para rodá-los em sua capacidade gráfica total, muitas vezes, o PC ideal ainda nem existe.

Flight Simulator 2020 é o “novo Crysis”

Continua depois da publicidade

Para Kelt Reeves, dono da Falcon Northwest, loja especializada em PCs personalizados para jogos, o FS 2020 representa o Crysis da nova geração.

O Crysis foi lançado em 2007, e também tinha requisitos de hardware que extrapolavam a tecnologia da época.

Atualmente, o PC ideal para rodar o Flight Simulator 2020, de acordo com a Microsoft, requer uma CPU AMD Ryzen 2700X ou Intel Core i7-9800X, juntamente com uma GPU AMD Radeon VII ou uma GeForce RTX 2080. Além disso, pede-se 32 GB de RAM, 150 GB de espaço de armazenamento (SSD) e internet de 50 Mbps.

Fonte: TecMundo

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em
X