Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

Fim de TED, DOC e débito: PIX já tem data para começar a funcionar

Publicado em

O Banco Central (BC) anúnciou na última quarta-feira (12) que a regulamentação do PIX, o novo sistema de pagamento universal brasileiro, foi aprovada.

A instituição também definiu a data para início da operação da plataforma, que estará disponível em 16 de novembro deste ano.

O BC informou que as instituições participantes do PIX poderão cadastrar seus clientes a partir de 5 de outubro, dando a eles uma Chave PIX, que deve ser o número de telefone celular, CPF, CNPJ ou endereço de e-mail. Com isso, será mais fácil identificar o recebedor dos pagamentos por parte dos clientes.

Continua depois da publicidade

Leia também: iFood começará testes para utilizar drones em sistema de entregas

Espera-se que o PIX substitua transferências por TED e DOC e seja uma alternativa moderna aos cartões de débito e até pagamentos em dinheiro.

Novidades

O BC ainda explicou que realizou alguns ajustes no regulamento que não estavam originalmente previstos para a plataforma.

Uma das novidades é a criação de uma modalidade de instituição participante chamada “liquidante especial”, que só vai operar o PIX fornecendo tecnologia e conexão para startups e bancos menores, mas sem ter clientes finais diretamente.

Originalmente, a ideia era que os grandes bancos fornecessem essa conexão às instituições menores, fazendo com que todos os participantes tivessem contato direto com os usuários.

Segundo o BC, essa nova modalidade vai reduzir custos e fazer com que as transações fiquem mais baratas.

A instituição estima o preço de um pacote de dez transações pelo PIX custe R$ 0,01 para bancos e startups. Resta a essas empresas decidirem se vão repassar ou não o valor para os clientes.

O BC também reduziu o capital mínimo para uma instituição participar do PIX e vai integrar novas instituições diretamente ao PIX e ao Sistema Brasileiro de Pagamentos simultaneamente, para incentivar a competição no segmento.

Também foi criada a possibilidade de agendar uma transação por meio do PIX, o que viabilizaria a transformação de boletos e contas de consumo em documentos com pagamento por meio da nova plataforma.

Fonte: TecMundo

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em
X