EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

Brooklyn Nine-Nine terá novos episódios reescritos por conta de protestos

Publicado em

Os protestos causados pela morte de George Floyd estão promovendo mudanças também na televisão dos Estados Unidos.

Após o cancelamento de séries como Cops e Live PD, a oitava temporada de Brooklyn Nine-Nine será totalmente reescrita para poder abordar o problema.

Quem fez a revelação foi o ator Terry Crews, uma das estrelas da atração, em entrevista para o site Access Hollywood.

“Tivemos algumas discussões sombrias e profundas sobre isso e esperamos que a partir disto, vamos fazer algo que pode ser verdadeiramente inovador este ano. Temos uma oportunidade e planejamos usá-la da melhor forma possível. O showrunner, Dan Goor, já tinha quatro episódios prontos e ele os jogou no lixo. Tivemos de recomeçar. Ainda não sabemos para qual direção ela (a 8ª temporada) irá”, disse o ator.

Nesta mesma entrevista, o próprio Terry Crews afirmou que ele também já teve algumas experiência negativas com a polícia antes da fama.

“Vocês já me viram em filmes ou qualquer outra mídia, mas antes disso, sempre fui visto como uma ameaça. Quando ia para o shopping ou a locais diferentes, já tive armas apontadas para mim por policiais de Los Angeles. Isso antes de ser famoso”, disse.

“Isso é algo que todo homem preto já enfrentou e é difícil fazer as outras pessoas compreenderem. Tenho de dizer, agora, que o que está acontecendo é o Me Too (movimento contra o assédio e agressão sexuais a mulheres) da América Preta. Sempre soubemos que isso estava acontecendo, mas agora, as pessoas brancas estão entendendo”, complementou.

Brooklyn Nine-Nine é uma série de comédia policial estrelada por Jake Peralta, policial imaturo, mas talentoso, que trabalha para a 99ª delegacia do Brooklyn, em Nova York, e costuma entrar em atrito com seu chefe, o capitão Raymond Holt.

Além de Terry Crews, o elenco da série conta com nomes como Andy Samberg, Andre Braugher, Stephanie Beatriz, Melissa Fumero, Joe Lo Truglio e Chelsea Peretti.

Leia Também: Luta por Justiça – Crítica

Fonte: EiNerd

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em
X