Festa de Senegal após a vitória sobre a Polônia (Foto: REUTERS/Christian Hartmann)

O jogo entre Polônia e Senegal não foi ruim, pelo contrário, prometia uma boa disputa entre seleções com nível técnico parecido. No entanto, o placar se resumiu, basicamente, aos lances dos gols do Senegal. O primeiro, uma falha da defesa piorada por um comando polêmico da arbitragem; e o segundo, um chute de fora da área que encontrou o gol graças a um desvio.

O primeiro gol saiu aos 37 minutos do primeiro tempo, em batida de Gana Gueye de fora da área. A bola bateu no brasileiro naturalizado Thiago Cionek e “matou” o goleiro Szczesny, que já tinha saído na direção contrária.

O segundo gol – e a polêmica do dia – aconteceu aos 15 minutos do segundo tempo. O polonês Krychowiak recuou uma bola para o goleiro, mas o senegalês Niang, que estava fora de campo sendo atendido pelos médicos, teve sua volta sinalizada pelo árbitro Nawaf Shukralla (Bahrein) e entrou em velocidade em direção à bola. O goleiro Szczesny até que tentou, mas fez uma saída errada e viu Niang chutar sozinho para balançar as redes e ampliar a vantagem de Senegal.

O desconto veio já no fim do jogo, aos 40 minutos. Em cobrança de falta na área, o camisa 10 Krychowiak cabeceou livre para marcar o único gol da Polônia. Placar final Senegal 2 x 1 Polônia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here