Foto: WSL

A disputa pelo título do Circuito Mundial 2018 tem novo líder. Com a vitória nas quartas de final contra o havaiano Sebastian Zietz, Gabriel Medina ultrapassa Filipe Toledo na corrida pelo caneco e vai disputar a etapa de Portugal com a camiseta amarela de líder. Medina dominou a última bateria das quartas e garantiu notas 6.67 e 5.77 para avançar. Agora o campeão mundial de 2014 enfrenta o terceiro colocado do ranking, Julian Wilson, na segunda semifinal e tenta o terceiro título consecutivo na temporada.

Com este resultado, Medina chega aos 51.770 pontos contra os 51.450 de Filipinho e a vantagem ainda pode aumentar caso avance à final ou vença o evento. Filipe se despediu na etapa na terceira fase com a derrota para o australiano Ryan Callinan, que também está entre os semifinalistas.

Mais cedo, na primeira bateria das quartas, Adriano de Souza não conseguiu se encontrar na disputa contra o americano Conner Coffin e somou apenas ondas que valeram 2.50 e 5.33 contra 6.17 e 7.33 do americano. Mineirinho se despede da França na quinta colocação, seu melhor resultado na temporada, e garante pontos importantes para permanecer na elite do surfe mundial em 2019.

Baterias das quartas de final (masculino)

1. Conner Coffin (USA) 13.50 x Adriano de Souza (BRA) 7.83

2. Ryan Callinan (AUS) 15.77 x Jordy Smith (ZAF) 14.03

3. Mikey Wright (AUS) 14.23 x Julian Wilson (AUS) 15.10

4. Sebastian Zietz (HAW) 10.73 x Gabriel Medina (BRA) 12.44

Baterias semifinais (masculino)

1. Conner Coffin (USA) x Ryan Callinan (AUS)

2. Julian Wilson (AUS) x Gabriel Medina (BRA)

Fonte: Globo Esporte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here