O presidente da FIFA, Gianni Infantino, anunciou nesta sexta-feira em Moscou que os jovens tailandeses presos em uma caverna inundada por mais de duas semanas serão convidados para a cerimônia do prêmio The Best, em 24 de setembro.

“Vamos convidá-los para a entrega desses troféus e, com relação ao que propõe, veremos o que pode ser feito”, disse Infantino a um jornalista que perguntou se a FIFA convidaria os 12 jovens jogadores, com idades entre 11 e 16 anos, e seu treinador, para a Copa do Mundo do Catar-2022.

A Fifa convidou os meninos para assistirem à final da Copa do Mundo de 2018, entre a França e a Croácia, no próximo domingo. A viagem foi vetada pelos médicos. Na hora do jogo, os jovens ainda estarão no hospital.

O resgate dos membros do time “Javalis Selvagens, preso na caverna terminou na terça-feira depois de 17 dias no subsolo. A história gerou comoção no mundo todo, inclusive no futebol — astros da bola, seleções e clubes vibraram com o salvamento. A liga espanhola convidou os garotos para conhecerem seus ídolos. O lateral inglês Kyle Walker prometeu camisas da seleção de presente para os tailandeses.

O treinador e as crianças receberam mensagens de apoio de celebridades, como o presidente americano Donald Trump, o astro do futebol Lionel Messi e o guru da tecnologia Elon Musk.

Por razões ainda desconhecidas, os jovens entraram na caverna e ficaram presos pelo aumento repentino da água pelas fortes chuvas na região.

Um dos mergulhadores que participava do resgate morreu durante a missão. Infantino enviou uma mensagem de apoio à família dele “em nome da Fifa”.

Fonte: Extra

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here