Foto: Rafael Melo/Fotoarena

São Paulo e Diego Souza viveram uma tarde especial na Ilha do Retiro. O time de Diego Aguirre venceu o Sport por 3 a 1, manteve a ponta do Brasileirão e mostrou mais uma vez que é forte candidato ao título. O atacante, autor do primeiro gol, se emocionou por reencontrar o ex-clube, antigos companheiros e uma torcida que gritou seu nome e o aplaudiu. Os outros gols foram feitos por Nenê e Tréllez, este último após o Sport ameaçar reagir com Marlone.

Everton Felipe, outro que veio do Sport, entrou no fim e fez sua estreia pelo Tricolor neste domingo.

Como ficou a tabela

O São Paulo segue com um ponto de vantagem sobre o Flamengo, que venceu o Cruzeiro no Maracanã: 38 contra 37. O Sport fez apenas um ponto após a Copa do Mundo e, com 20, estacionou no meio da tabela.

A emoção de Diego Souza

Diante de um Sport pouco criativo, cheio de volantes, o São Paulo foi superior no primeiro tempo. Quis o destino que este domínio se transformasse em vantagem no placar com um gol de Diego Souza, principal nome do Leão até o ano passado e aplaudido pela torcida local.

O camisa 9 mostrou muita frieza ao receber de Everton – que novidade – e concluir para as redes uma jogada iniciada por erro feio de Gabriel na saída de bola. Diego não comemorou, fez uma reverência a Magrão e chorou no intervalo ao falar sobre o reencontro com o ex-clube.

Virou passeio?

Claudinei Oliveira apostou nos ex-tricolores Rogério e Morato no intervalo, dando mais poder de fogo ao Sport, mas o São Paulo teve muitos espaços para contra-atacar. Rojas deitou e rolou. Foi dele a assistência para Nenê fazer 2 a 0 logo no início da etapa final. A impressão que dava era a de que uma goleada viria…

Deu para assustar

Um gol de falta de Marlone, com desvio na barreira, recolocou o Sport no jogo aos 40 minutos do segundo tempo. O São Paulo chegou a assustar a sua torcida com alguns erros defensivos, raros até aquele momento da partida, mas foram só quatro minutos de tensão. Aos 44, Hudson acertou um belo lançamento para Tréllez, que entrara no lugar de Diego Souza, vencer Magrão e garantir o triunfo são-paulino fora de casa.

Fonte: Lance

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here