Julen Lopetegui protagonizou um dos episódios mais curiosos nesses dias pré-Copa. O até então técnico da seleção espanhola foi anunciado como técnico do Real Madrid, o que desagradou a cúpula da Federação Espanhola que, nesta quarta-feira (13), anunciou o desligamento do treinador. A decisão foi tomada após uma reunião entre o comandante espanhol, o presidente da Federação, Luis Rubiales, Sergio Ramos, Iniesta e Piqué.

Luis Rubiales iniciou a coletiva destacando que a escolha de Lopetegui era legítima, mas que a forma como foi feita a negociação com o Real Madrid inviabilizava a continuidade do treinador à frente da seleção espanhola.

“Se alguém quer estabelecer um relacionamento com alguém da Federação, tem que falar com o trabalhador e também com a Federação. É básico, porque é a equipe de todos os espanhóis, uma Copa do Mundo é a data máxima. Não podemos ficar de fora de uma negociação de um dos seus trabalhadores e descobrir cinco minutos antes de um anúncio público, fomos forçados a agir”, declarou.

Com relação ao futuro treinador, Luis Rubiales primeiro disse não ter um nome e afirmou que a federação daria uma resposta até a  quinta-feira (14). Porém, pouco tempo depois da entrevista coletiva, Fernando Hierro foi anunciado como novo técnico para assumir a seleção na Copa do Mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here