Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

Thiem supera Medvedev e encara Zverev na decisão do US Open

Austríaco confirma bom momento das últimas temporadas e chega a mais uma decisão de Grand Slam na carreira, superando o finalista de 2019 em sets diretos

Publicado em

Com a ausência de Novak Djokovic, Rafael Nadal e Roger Federer das semifinais do US Open, o público fã de Com a ausência de Novak Djokovic, Rafael Nadal e Roger Federer das semifinais do US Open, o público fã de tênis até poderia imaginar  até poderia imaginar uma semifinal sem tanto brilho nesta sexta-feira.

No entanto, Dominic Thiem e Daniil Medvedev protagonizaram uma partida de encher os olhos, com belos lances e altíssimo nível. Melhor para o austríaco, que venceu por 3 sets a 0, parciais de 6/2, 7/6 (7) e 7/6 (5), em 2h55 de confronto.

Na decisão, Dominic Thiem encara Alexander Zverev, que vai fazer sua primeira final de Grand Slam após conseguir uma incrível reação também nesta sexta contra Pablo Carreño Busta.

Continua depois da publicidade

O austríaco confirma o bom momento de sua carreira, mas ainda tenta um inédito título de Major. Ele chegou às finais de Roland Garros, em 2018 e 2019, e ao Australian Open, em 2020.

Leia também: Após derrota para o Palmeiras, Corinthians demite técnico Tiago Nunes

Curiosamente, Medvedev havia chegado até a semifinal sem perder um set sequer no US Open, com vitórias muito sólidas.

Depois do mau início no jogo, o russo até se recuperou bem, mas perdeu chances de fechar o segundo e terceiro sets com seu serviço, quando foi quebrado por Thiem.

Como resultado de sua campanha, ele segue na quinta posição do ranking, sem somar pontos, uma vez que foi finalista em Nova York em 2019.

O jogo

Foi uma partida de alto nível praticamente do início ao fim. A exceção foi a reta final do primeiro set, quando Medvedev se perdeu mentalmente após uma discussão com o juiz de cadeira.

A vitória por 6/2 de Thiem na parcial inaugural foi um tanto ilusória no placar, uma vez que o russo “entregou” os pontos de bandeja nos últimos quatro games.

Daniil Medvedev discute durante o primeiro set no US Open — Foto: Matthew Stockman/Getty Images
Daniil Medvedev discute durante o primeiro set no US Open — Foto: Matthew Stockman/Getty Images

A partir do segundo set, Medvedev cresceu o nível e exigiu muito de Thiem. Foram longos ralis e grandes jogadas pelos dois jogadores.

O russo conseguiu uma quebra logo de cara para sair na frente do placar e manteve a situação sob controle apesar do bom nível do austríaco até o 5/4, quando sacou para fechar a parcial e acabou quebrado. Thiem ainda salvou quatro break points e levou a decisão para o tie-break.

No game desempate, mais um show dos dois lados apesar da situação de nervosismo. Com um mini break para cada lado logo no início, o empate prevaleceu até que Dominic Thiem fez 8-7 e conseguiu fechar a parcial em 9-7 na sequência. No fim, o austríaco pediu atendimento médico por conta de um escorregão que pareceu ter torcido levemente o pé.

Dominic Thiem recebe atendimento médico no US Open — Foto: Matthew Stockman/Getty Images
Dominic Thiem recebe atendimento médico no US Open — Foto: Matthew Stockman/Getty Images

O retrato do terceiro set foi parecido. Medvedev abriu 3/0 e novamente hesitou quando sacou para fechar a parcial. Thiem, dessa vez, parecia ter o caminho das pedras.

Novamente, levou para o tie-break, abriu 4-0, viu o russo reagir, mas conseguiu a vitória por 7-5 após uma bola que pegou na rede e caiu na quadra do adversário.

Fonte: GE

Categoria

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em
X