Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

Sem grandes emoções, Corinthians e Palmeiras empatam primeira final

Duelo foi bastante truncado e teve pouquíssimas chances de gol. Decisão fica para o próximo sábado, quando os dois rivais se enfrentam no Allianz Parque

Publicado em

Tudo aberto na final do Campeonato Paulista! Nesta quarta-feira (5), Corinthians e Palmeiras fizeram o jogo de ida da decisão do título e, em um jogo muito mais truncado do que emocionante, ficaram no 0 a 0 na Arena, em Itaquera.

Com isso, eles vão para o tudo ou nada no próximo sábado (8), quando se enfrentam no Allianz Parque e conheceremos o campeão paulista de 2020.

O jogo

Por se tratar de uma final de campeonato, ainda mais disputada entre dois grandes rivais, o duelo começou muito mais estudado do que realmente emocionante.

Salva, Weverton!

Continua depois da publicidade

Chances de gol mesmo só apareceram a partir dos 27. E em dois bons lances de Luan. No primeiro, o camisa 7 corintiano lançou para Ramiro, que, sozinho, bateu fraco e Weverton defendeu.

Leia também: Rafael Nadal desiste do US Open de Tênis por causa da pandemia

Aos 30, Luan cruzou da direita, Jô resvalou de cabeça e Mateus Vital bateu firme. O goleiro palmeirense se esticou todo para defender.

Árbitro teve que conter os jogadores no final da primeira etapa
Árbitro teve que conter os jogadores no final da primeira etapa – Foto: Alex Silva/Estadão

Confusão

Como é normal em um clássico, o jogo também teve uma breve confusão em campo. Mateus Vital sofreu uma falta de Rony e empurrou o rival. Era o que bastava para a maioria dos outros jogadores se aglomerarem por alguns instantes.

O árbitro Raphael Claus decidiu esfriar um pouco os ânimos, mostrando cartão amarelo para os dois atletas.

Cássio ‘tira com os olhos’

A melhor chance do Palmeiras no primeiro tempo foi já aos 46. E saiu através de uma cobrança de lateral. Luiz Adriano virou bem sobre a zaga e cruzou para Ramires, que bateu por cima do gol de Cássio.

Segundo tempo ‘sonolento’

Se a primeira etapa já não foi muito cheia de emoção, o segundo tempo começou em um ritmo ainda mais devagar. O primeiro lance de perigo foi em uma falta para o Palmeiras aos 22 minutos. Bruno Henrique bateu e Cássio espalmou com tranquilidade.

Muitas trocas, pouco futebol

Os técnicos Tiago Nunes, do Corinthians e Vanderlei Luxemburgo, do Palmeiras, até tentaram mexer em seus times, promovendo a entrada de vários jogadores, mas nada aconteceu. Final: 0 a 0!

Fonte: R7

Categoria

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em
X