EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

Essencial Tipo...Você!

segunda-feira, 22 abril, 2019

Perdeu algo? Veja detalhes e as seleções de melhores e piores das finais dos estaduais

As finais dos campeonatos estaduais começaram com tudo neste domingo pelo Brasil. A rodada teve quatro grandes clássicos acontecendo no mesmo horário:Vasco x Flamengo, São Paulo x Corinthians, Cruzeiro x Atlético-MG e Internacional x Grêmio começaram às 16h.

Caso você tenha perdido algo importante, o GloboEsporte.com montou um resumão de tudo o que rolou.

No Rio de Janeiro, Bruno Henrique comandou a boa vitória do Flamengo por 2 a 0 sobre o Vasco. Em Minas Gerais, o Cruzeiro fez 2 a 1 e inverteu a vantagem do Atlético-MG.

Em São Paulo e no Rio Grande do Sul, nada de gols. Mas além de tudo isso teve VAR em ação, grandes defesas, bolas na trave e muito mais.

  • Mais gols:  Bruno Henrique (Flamengo) – 2
  • Mais defesas difíceis:  Paulo Victor (Grêmio) – 3
  • Mais finalizações: Gabigol (Flamengo) – 6
  • Mais faltas cometidas:  Willian Arão (Flamengo) e Luan (São Paulo) – 4
  • Mais faltas recebidas: Everton Felipe (São Paulo), Chará (Atlético-MG), Marrony (Vasco) e Bruno Henrique (Flamengo) – 4
  • Mais passes errados: Alisson (Grêmio) – 9
  • Mais roubadas de bola: Fagner (Corinthians) – 5
  • 22cartões amarelos e 2 vermelhos
  • Jogo com mais cartões: Cruzeiro 2 x 1 Atlético-MG – 11 amarelos e 2 vermelhos (Adilson e Rafinha)
  • Jogo com menos cartões: São Paulo 0 x 0 Corinthians – 2 amarelos
  • 3 substituições por lesão no primeiro tempo – Cazares (Atlético-MG), Rithely (Internacional) e Júnior Urso (Corinthians) deram lugares a Vinicius, Rodrigo Lindoso e Richard
  • 3 bolas na trave – Luan (Atlético-MG), Marrony (Vasco) e Alisson (Grêmio)
  • 3 confusões – 2 em Belo Horizonte e 1 em Porto Alegre
  • 38.476 – média de público pagante
  • Maior público: 58.713 em São Paulo 0 x 0 Corinthians
  • Menor público: 9.976 em Vasco 0 x 2 Flamengo
  • Jogo com mais chances de gol: Vasco 0 x 2 Flamengo – 12
  • Jogo com menos chances de gol: São Paulo 0 x 0 Corinthians – 6

O VAR, os acertos e os erros de arbitragem

O árbitro de vídeo chamou atenção, principalmente no Campeonato Mineiro: um gol de Fred foi bem anulado após a bola bater no braço do atacante.

No entanto, em um lance sem VAR, os jogadores atleticanos reclamaram bastante.

Na disputa que originou o escanteio que terminou em gol de Léo, deveria ter sido marcado tiro de meta para o Galo.

No Carioca, Bruno Henrique também teve gol anulado, mas de forma equivocada na opinião de Paulo Cesar Oliveira, comentarista de arbitragem.

O zagueiro Werley tentou rebater na área e acabou mandando a bola para o adversário.

No Majestoso, a demora para o uso do VAR foi o que chamou atenção.

Em um lance para cada lado, a arbitragem não marcou pênaltis – em lance de possível toque de mão de Ralf no primeiro tempo e em disputa de Hudson e Henrique no segundo.

No Gre-Nal também teve consulta ao VAR, pela primeira vez na história do clássico: André acertou o rosto de Rodrigo Moledo em dividida.

O árbitro mostrou amarelo para o gremista, foi conferir as imagens e manteve a decisão.

Tarde dos goleiros

Apenas Tiago Volpi e Diego Alves tiveram tranquilidade em seus jogos – praticamente não foram acionados por Corinthians e Vasco, respectivamente.

Fora isso, o que vimos foi um show de grandes defesas. Cássio, Victor e Paulo Victor protagonizaram as melhores.

Não altera o placar

Chute de longe, finalização na área e até sem querer querendo: Alisson, Luan e Marrony estiveram perto de marcar neste fim de semana.

Pararam na trave ou no travessão.

O Inacreditável FC da rodada

Chará, do Atlético-MG, teve ótima oportunidade para empatar o clássico contra o Cruzeiro perto do fim da partida no Mineirão.

Aos 45 minutos do segundo tempo, Geuvânio fez boa jogada pela direita e cruzou.

Com Fábio batido no lance, o colombiano conseguiu errar o alvo.

Melhores e os piores

Decisivo no Carioca, Bruno Henrique foi o nome da rodada com dois gols – ele assumiu a artilharia do campeonato, mas recebeu amarelo e não joga no próximo domingo.

O destaque negativo ficou por conta de Luan, do Atlético-MG, que recebeu a pior nota entre todos os jogadores das finais.

Veja Também:  Bombeiros encontram 11º corpo nos escombros do desabamento na Muzema

Lugano usa pênalti marcado contra o São Paulo em 2014 para questionar Luiz Flavio de Oliveira

Fonte: Globo Esporte

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.