Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

Ferrari confirma que dará a Sebastian Vettel um novo chassi

Equipe detectou falhas no carro do alemão após os GPs da Inglaterra e dos 70 anos da Fórmula 1, em Silverstone; alemão é apenas o 13º colocado na classificação geral

Publicado em

A Ferrari terá novidades no GP da Espanha, no próximo domingo; pelo menos, na garagem de Sebastian Vettel.

A equipe confirmou que, devido à detecção de falhas no modelo SF1000 guiado pelo tetracampeão em Silverstone, nos GPs da Inglaterra e dos 70 anos da F1, o piloto vai receber um novo chassi para disputar a próxima etapa do calendário.

Simone Resta, chefe da equipe técnica e projetista da escuderia, explicou que os danos encontrados no carro de Vettel foram provocados por um “impacto intenso” nas zebras em Silverstone.

Continua depois da publicidade

Leia também: PSG vira sobre a Atalanta e avança para semi da Liga dos Campeões

Antes da segunda prova, no GP dos 70 anos, o circuito chegou a fazer uma alteração nas zebras entre as curvas Becketts e Chapel.

Segundo o portal GE Sebastian vai receber um novo chassi porque, com a análise pós-corrida depois de Silverstone, notamos uma pequena falha causada pelo impacto intenso sobre a zebra.

Isso não teria muito efeito na performance, mas era a decisão mais lógica a se tomar – explicou Resta.

Desempenho 

Simone Resta também revelou preocupação com o desempenho da equipe em Barcelona, circuito que sediou os testes de pré-temporada em fevereiro.

O efeito das altas temperaturas da pista nos pneus, podendo passar dos 40ºC, também foi outra questão levantada pelo engenheiro, que espera um fim de semana difícil para a Ferrari:

Esse será um fator importante, especialmente quando se trata do comportamento dos pneus, como vimos nas últimas duas corridas em Silverstone.

Sebastian Vettel, da Ferrari, no GP dos 70 Anos da Fórmula 1 em Silverstone — Foto: Mark Sutton/Pool via Getty Images
Sebastian Vettel, da Ferrari, no GP dos 70 Anos da Fórmula 1 em Silverstone — Foto: Mark Sutton/Pool via Getty Images

Estamos chegando em Barcelona sabendo que não será um fim de semana fácil para nós, levando em conta como foram os testes aqui em fevereiro.

Mas depois de cinco corridas, temos trabalhado duro para melhorar o desempenho dos nossos carros e extrair todo o potencial deles.

Veja mais: Avisado por telefone, Vettel revela surpresa com fim de parceria com a Ferrari

Em 2020, a Ferrari tem vivido um campeonato oposto ao ano passado, quando protagonizou a disputa pelo título e terminou como vice-campeã.

Quarta colocação

Até agora, é somente a quarta colocada na classificação de construtores; atrás da McLaren, RBR e Mercedes. Na classificação de pilotos, a dupla formada por Charles Leclerc e Sebastian Vettel ocupa, respectivamente, o quarto e o 13º lugares.

Sebastian Vettel rodou na primeira volta do GP dos 70 Anos — Foto: Andrew Boyers/Pool via Getty Images
Sebastian Vettel rodou na primeira volta do GP dos 70 Anos — Foto: Andrew Boyers/Pool via Getty Images

Vettel, que faz sua última temporada pela escuderia italiana, sofreu com o carro nas últimas duas provas realizadas em Silverstone.

No GP da Inglaterra, terminou em décimo lugar e chegou a desabafar sobre a dificuldade em manter o bólido na pista.

Na etapa seguinte, no GP dos 70 Anos, o alemão caiu para último logo na largada, quando perdeu o controle e rodou na pista ainda durante a primeira volta.

Durante a corrida, Vettel chegou a reclamar da equipe no rádio, terminando a prova na 12ª colocação enquanto seu colega, Leclerc, completou em quarto. Vettel ocupa apenas a 13ª posição no campeonato.

Categoria

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em
X