EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

Contra o racismo, Mercedes passa a ter carro pintado de preto na F1

Pela primeira vez na história, equipe adota coloração escura se se posiciona contra qualquer tipo de discriminação; pintura já estreia no GP da Áustria no próximo fim de semana

Publicado em

Atual hexacampeã mundial de pilotos e construtores, a Mercedes revelou nesta segunda-feira que vai correr com um carro todo pintado de preto na temporada 2020 da Fórmula 1.

O novo layout já estreia no próximo fim de semana, no GP da Áustria, prova que abre o campeonato. Em nota, a equipe explicou que trata-se de um combate ao racismo:

“Vamos competir de preto em 2020, como um compromisso público para melhorar a diversidade de nossa equipe – e uma declaração clara de que somos contra o racismo e todas as formas de discriminação.”

Nas últimas semanas, o hexacampeão mundial Lewis Hamilton tem se mostrado bastante ativo no posicionamento contra a discriminação racial.

Leia Também: Torcedores do Corinthians querem volta de jogos no Pacaembu

Primeiro, cobrou da Fórmula 1 e de seus colegas de pista uma postura clara contra o racismo, depois do assassinato do americano George Floyd.

Lewis Hamilton em protesto em Londres Fórmula 1 — Foto: Daniel “Spinz” Forrest

Depois, participou pessoalmente de protestos de rua contra a discriminação pela cor da pele em Londres, na Inglaterra.

Além disso, foi nomeado líder da força-tarefa “We Race as One” (“Nós Corremos como Um”, em português), criada pela F1 para promover a diversidade no esporte.

O hexacampeão mundial também rebateu duramente as declarações do ex-chefão da F1, Bernie Ecclestone, de que “muitas vezes os negros eram mais racistas do que os brancos”.

Em 2019, Mercedes branca na Alemanha

É a segunda mudança radical na pintura dos carros da Mercedes em menos de um ano.

Conhecido pelo layout todo prateado desde os anos 1950, a equipe alemã pintou seus carros de branco no GP da Alemanha de 2019 para celebrar os 125 anos do envolvimento da montadora com o esporte a motor – a cor era usada nos primórdios da participação da Mercedes.

Lewis Hamilton Mercedes Hockenheim  — Foto: Getty Images
Lewis Hamilton Mercedes Hockenheim — Foto: Getty Images

No entanto, o resultado da equipe não foi satisfatório, e Valtteri Bottas abandonou após sofrer um acidente, e Lewis Hamilton só chegou em nono lugar depois que os dois carros da Alfa Romeo foram desclassificados da prova.

Fonte: Globo Esporte

Categoria

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em
X