Foto:Reprodução

Movimentando ainda mais o cena cultural manauara, nos dias 1 e 2 de setembro, o Teatro Amazonas apresenta a estreia nacional da comédia romântica “Em casa a gente conversa”, interpretada pelos atores Juliana Knust e Cássio Reis, em sessões no sábado, às 20h e domingo, às 19h. Como presente para o público de Manaus, os ingressos estão sendo vendidos a  preços populares  e já podem ser adquiridos pelo site www.aloingressos.com.br ou na bilheteria do Teatro, localizado na Av. Eduardo Ribeiro, 659 – Centro.

Todo conto de fadas termina com a famosa frase: “E viveram felizes para sempre”. O que ninguém sabe é o que aconteceu no dia seguinte! Como será que os casais dos contos de fadas encararam a rotina nos palácios da vida?

Com patrocínio da Renner e Zurich Santander, “Em casa a gente conversa” é protagonizada pelo casal de atores Juliana Knust e Cássio Reis, texto de Fernando Duarte e Tatá Lopes. Fernando é autor dos espetáculos, “Callas” e “Depois do amor”, ambos com direção de Marília Pêra, “Além do que os nossos olhos registram”, protagonizado por Priscila Fantin, Luiza Tomé e Silvia Pfeifer. A direção artística de Fernando Philbert que assinou a direção dos espetáculos “Em nome do jogo” e “O escândalo de Philipe Dussaert”, ambos com Marcos Caruso, “O topo da montanha” com Lazaro Ramos e Taís Araújo, entre outros.

A comédia romântica conta as aventuras e desencontros de um casal já em processo de separação, que revê a sua própria história durante os encontros para definir detalhes do divórcio, criando sequências de momentos hilários.

Malu e Carlos Alberto, aos olhos de muitas pessoas, formam um casal perfeito, daqueles de comercial de margarina. Mas eles vivem na vida real e enfrentam todas as alegrias e agruras de um jovem casal. Com a maior sinceridade abrem sua vida, cheia de humor, contrapontos e riqueza de detalhes onde fica absolutamente impossível não se identificar.

Carlos Alberto é um homem dividido entre o desejo de ascender profissionalmente, a vontade de manter um casamento e o sonho de se manter eternamente livre. Já Malu é uma mulher que se desdobra entre carreira, casamento e a maternidade.

No decorrer do espetáculo, eles falam com muito bom humor sobre assuntos pertinentes a qualquer casal: almoço em família, dia dos namorados, a vida sexual, TPM, o cotidiano da casa, a divisão de tarefas, as brigas, o balanço da relação e de amor.

A peça mostra através da ótica do humor, o abismo que separa o universo feminino do universo masculino e como os sonhos se constroem e se desfazem ao longo da vida e aborda questões universais no amor. O casal expõe suas questões com transparência. A identificação do público com eles é imediata.

Recentemente os produtores estiveram em Manaus com a peça “Além do queos nossos olhos registram e agora voltam com “Em Casa a gente conversa”. “Escolhemos Manaus para ser o palco da estreia nacional dessa peça, pois sempre somos muito bem recebidos aqui, o público manauara é sempre maravilhoso. Como agrado, as sessões estarão com preços populares, com ingressos a partir de R$10,00”, declara Fabrício Chianello, diretor de produção do espetáculo.

Texto – Fernando Duarte e Tatá Lopes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here