EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

Ouro Preto a cidade mineira repleta de história e conhecimento

Ouro Preto é um centro artístico e educacional, além de ser um dos destinos turísticos mais visitados no Brasil.

Publicado em

Em certo momento, durante o século XVIII, nenhum lugar nas Américas era tão rico quanto Minas Gerais. O próprio nome do estado indica que a região passou por uma corrida por ouro de diamantes.

A riqueza dessa época continua gravada na arquitetura exuberante da cidade e em suas igrejas magníficas, muitas delas decoradas com ouro puro.

A cidade tem sua relevância nos dias atuais pelo motivo de ser um centro artístico e educacional, além de ser um dos destinos turísticos mais visitados no país.

Rua de Ouro Preto
Rua de Ouro Preto  (Foto: Reprodução)

Quer um motivo para ir visitar a cidade? A população local é o motivo suficiente pois, os mineiros são famosos por sua hospitalidade e por gostar de um bom papo.

Primeiro de tudo, não vá se surpreender se alguém o chamar para um cafezinho assim que te conhecer, porque isso é um costume dos mineiros.

E se você aceitar o convite, saiba que o anfitrião oferecerá outras iguarias, desde o famoso “pão de queijo” ao “doce de leite”, além do que são prazeres preferidos da região.

Para os habitantes de Minas Gerais, uma barriga cheia é o início da felicidade.

Arte barroca

As ruas são estreitas e tortuosas e veículos não são permitidos dentro dos limites da cidade velha.

As ruas de pedra levarão você às 23 igrejas espalhadas em uma paisagem espetacular, repleta de montes e de natureza exuberante.

Dentro das igrejas, você encontrará peças lindíssimas feitas com habilidade e maestria com peças esculpidas em madeira e até mesmo com folhas de ouro decorando as paredes.

Na Basílica de Nossa Senhora do Pilar, foram usados 400 quilogramas de ouro para decorar o interior.

Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar
Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar – Foto: Reprodução

Ouro Preto é uma galeria a céu-aberto, com inúmeras obras de arte de estilo barroco.

O mestre da cidade é o falecido escultor Antônio Francisco Lisboa, mais conhecido como Aleijadinho, um dos artistas mais importantes da história brasileira. Seu trabalho magnífico aparece em seu próprio museu, dedicado a preservar e exibir objetos de arte sacra.

A última ceia, obra de Aleijadinho
A última ceia, obra de Aleijadinho. Foto: Reprodução – Sérgio Guerini/ Itaú Cultural

O legado barroco da cidade é tão importante (e fascinante) que, em 1980, foi considerado Patrimônio Mundial da humanidade pela UNESCO, tornando-se a primeira cidade brasileira a alcançar tal status.

Leia Também: A História de Manaus Contada através de seus Centros Culturais

Uma parte importante da história

Ouro Preto não é feita só de histórias douradas. A natureza foi bem generosa e também exigiu sua cota de sacrifício. O ouro, neste aspecto, tem apenas o papel de recheio numa paisagem que revela muito mais riquezas.

A cidade tem mansões, fontes, ruínas, jardins com terraços e torres que são lembretes de como a cidade era no passado, uma história que é bem viva aqui.

Era o lar de Tiradentes, um líder independentista que garantiu seu lugar na história brasileira por seu desejo de ter um país livre.

O Museu da Inconfidência (uma referência ao nome do movimento de que Tiradentes era parte) conta essa história.

Ouro Preto: Museu da Inconfidência
Ouro Preto: Museu da Inconfidência (Foto: Reprodução)

O prédio foi uma prisão em tempos coloniais. Tiradentes também empresta seu nome à praça principal, onde turistas e moradores da cidade se misturam e se divertem.

Doze distritos compõem o Município de Ouro Preto. Muitos Foram coadjuvantes e em alguns momentos se tornaram protagonistas da saga dourada.

Guardam segredos saborosos e grande parte das belezas naturais da região e possibilitam entender como era a antiga Vila Rica e vislumbrar o caminho seguido pelos desbravadores.

Encontrar cachoeiras, devassar os profundos vales, escalar o cume de montanhas como Itacolomi (ponto de referência dos viajantes antigos).

Tudo isso é mais que um deleite é um exercício de história, uma sala de história a céu aberto. Belezas naturais ou construídas pelas mãos dos homens, como exemplo, as represas de Santa Rita e do Custódio.

Rua de Ouro Preto
Rua de Ouro Preto – Foto: Reprodução

Se as ruas de Minas Gerais escondem segredos, também o fazem os leitos dos rios, pelo motivo que foram lá que começaram os rumores, onde a lenda virou realidade.

Venha ser transportado de volta ao Brasil de outrora em Ouro Preto, umas das cidades mais bonitas do Brasil – e do mundo.

Leia Também: Piaf Restaurante Café – Charme, amor e música no coração de Manaus

*Com informações do Visit Brasil

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em
X