Chinese (Simplified)EnglishFrenchJapanesePortugueseSpanish

O Poder da Ressignificação – Parte II

Publicado em

Qual é o significado que você dá para a palavra morte? – Perda, sofrimento, vazio existencial, passagem, transmutação, voltar para a casa da Divindade…

É um assunto muito delicado e que precisamos de tempo, muitas vezes, para ressignificar aquele episódio da nossa vida, aquela infeliz experiência.

Ressignificar não é esquecer. Diante de experiências traumáticas como a morte de um familiar, independente do motivo, somos tomados, na maioria das vezes, por um sentimento de culpa, arrependimento… “eu deveria ter feito isso, eu deveria ter feito aquilo, eu deveria ter dito isso, eu deveria ter aproveitado mais o tempo ao lado dele, eu deveria ter curtido mais a presença dela…”

Continua depois da publicidade

Leia também: O Poder da Ressignificação

Sim, mas aqui e agora, qual é o aprendizado deixado por essa experiência? Temos que ter o domínio da mente para extrairmos o aprendizado da experiência e ressignificar a parte emocional.

Temos a possibilidade de vivermos várias situações de vida nesta vida. Pelo fato de não sabermos quando sairemos dela, nos esquecemos muitas vezes que a vida é curta… e passamos a viver como se fôssemos eternos, desperdiçando nossa vida, muitas vezes, remoendo memórias do passado, nos esquecendo que a vida só acontece aqui e agora, sendo esse nosso único ponto de poder.

Imagem: Reprodução

“Não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não para, pra que você o conserte.” William Shakespeare.

A bem da verdade, você sabia que a natureza não está nem aí, se estamos felizes ou infelizes, se estamos plenamente conscientes, se inventamos medos, se nos apegamos aos nossos desejos…? A natureza se importa com a nossa sobrevivência… entenda que o corpo faz parte dela. Nada tem significado algum, exceto o significado que damos, assim é construída nossa realidade, a situação de vida.

Mas o que fazer para que essa experiência não me afete mais emocionalmente, não roube minhas energias, não me cause mais angústias, raiva, medo, arrependimentos…?

Imagem: Reprodução

1 – Gratidão: sentir e demonstrar gratidão é uma das maneiras mais eficazes de ressignificar.

2 – Amor: o amor puro, genuíno, tudo cura. (veja vídeo sobre o Poder do Amor puro, na íntegra, no meu canal no Youtube)

3 – Indiferença: tire o emocional da experiência e passe a lidar com indiferença.

4 – Perdão: perdoar é libertar-se, desconectar-se da memória de dor, desprender-se do peso que você se permitiu arrastar, da âncora que você lançou em determinada situação.

5 – Aceitação: é aceitar as coisas como são, que não aceitar é oferecer resistência e que ao oferecermos resistência estamos inconscientemente assumindo que existe uma força em oposição, me oprimindo, me forçando. Quando eu aceito, deixando de oferecer resistência, o poder que eu estava atribuindo a situação, tende a se dissipar. Aceitar não é concordar, aceitar é simplesmente se negar a carregar, se desprender.

“Conceda-me Senhor, a serenidade necessária para aceitar as coisas que não posso mudar; coragem para modificar as que posso e sabedoria para distinguir uma da outra.”

Por: José Eduardo Tófoli

Autor do livro “O que te impede de Viver Feliz?” e “Farol da Sabedoria.”
Youtube: JOSÉ EDUARDO TÓFOLI
Instagram: @joseeduardotofoli – E-mail: [email protected]

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia mais em